Domingo, Março 3, 2024
9.9 C
Lisboa
More

    CAN2023: Costa do Marfim sagra-se campeão africano

    Sebastien Haller marcou um golo dramático no final da partida e a Costa do Marfim, anfitriã da competição, lutou para vencer a Nigéria de por 2-1 na final da CAN e completar a mais notável reviravolta do torneio.

    A Costa do Marfim venceu a Nigéria por 2-1 na final da 34ª edição da Taça das Nações Africanas (CAN), disputada este domingo em Abidjan.

    As “Super Águias” abriram o marcador na primeira parte, quando William Troost-Ekong cabeceou a bola para a baliza da Costa do Marfim após o primeiro canto (38º). Mas os Elefantes empataram na segunda parte, com Franck Kessié a cabecear ao poste mais distante após cruzamento de Simon Adingra (62º), e depois passaram para a frente quando Sebastien Haller cortou para o poste mais próximo após cruzamento de Adingra (81º).

    A Nigéria parecia disposta a repetir a vitória por 1-0 sobre a Costa do Marfim no Estádio Olímpico de Ebimpe durante a fase de grupos, quando o capitão William Troost-Ekong – que tinha marcado um penálti para decidir o primeiro encontro – subiu para cabecear para abrir o marcador no final da primeira parte.

    No entanto, Franck Kessie empatou logo após o intervalo e Haller desviou o cruzamento de Simon Adingra aos 81 minutos, dando início a uma grande festa entre o mar de laranja nas bancadas de Abidjan.

    Com este triunfo, a Costa do Marfim junta o título deste ano aos conquistados em 1992 e 2015 e junta-se à Nigéria com três triunfos na Taça das Nações.

    Apenas o Egipto, os Camarões e o Gana conquistaram mais vezes o título, com as Super Águias a desperdiçarem a oportunidade de igualar os seus rivais ganeses com quatro vitórias.

    Liderados pelo atual melhor jogador africano do ano, Osimhen, os nigerianos pareciam ser a equipa mais formidável da competição no último mês.

    Mas a Costa do Marfim foi simplesmente muito forte e se tornou o primeiro país anfitrião a vencer a AFCON desde 2006.

    Há 18 anos, Didier Drogba era o capitão da seleção que perdeu nos pênaltis para o Egito no Cairo.

    A jogar em casa, a Costa do Marfim conquistou o terceiro título continental da sua história, depois dos triunfos de 1992 e 2015.

    Publicidade

    spot_img
    FonteDW

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Líder da Junta Militar do Chade anuncia candidatura depois do assassinato do líder da oposição

    O líder da Junta Militar do Chade, Mahamat Idriss Deby Itno, anunciou neste sábado, 2, a sua candidatura às...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema