Quarta-feira, Junho 19, 2024
17.8 C
Lisboa
More

    A Mega refinaria Dangote da Nigéria pretende importar milhões de barris de petróleo dos EUA

    A nova mega refinaria Dangote da Nigéria, perto de Lagos, pretende comprar milhões de barris de petróleo bruto dos Estados Unidos durante o próximo ano, à medida que aumenta as taxas de processamento, um sinal dos desafios que o maior produtor de África de petróleo enfrenta para aumentar a sua própria produção de petróleo.

    A central, construída pelo homem mais rico de África, Aliko Dangote , lançou um concurso a prazo para a compra de 2 milhões de barris por mês de petróleo bruto West Texas Intermediate Midland durante 12 meses a partir de Julho, de acordo com um documento visto pela Bloomberg. A licitação termina em 21 de maio.

    A procura pelo petróleo dos EUA destaca a influência que a central terá no comércio global de petróleo bruto e de combustíveis. Reflete também a luta da Nigéria para aumentar a sua própria produção de petróleo bruto, que permanece muito abaixo da capacidade teórica, bem como a vontade de Dangote de recorrer a fornecimentos mais baratos do que os que consegue encontrar no seu país.

    “O fornecimento de petróleo nigeriano é insuficiente ou indisponível e, por vezes, pouco fiável”, disse Elitsa Georgieva , diretora executiva da Citac, uma consultoria energética especializada no setor africano a jusante. “O WTI dos EUA, por outro lado, está disponível, com fornecimento confiável e com preços competitivos.”

    A Nigéria não consegue cumprir a sua quota OPEP+ há pelo menos um ano.

    O país bombeou cerca de 1,45 milhões de barris por dia de petróleo bruto e líquidos em Abril, ainda muito abaixo da sua capacidade de produção estimada de 2,6 milhões de barris por dia. O roubo de petróleo bruto, os oleodutos envelhecidos, o baixo investimento e os desinvestimentos das grandes empresas petrolíferas que operam no país da África Ocidental contribuíram para o declínio da produção.

    Para garantir um abastecimento local suficiente à gigantesca refinaria de Dangote, com capacidade de 650 mil barris por dia, os reguladores a montante da Nigéria divulgaram no mês passado um novo projecto de regras que obrigarão os seus produtores de petróleo a vender petróleo bruto às refinarias nacionais.

    A fábrica, que funciona actualmente com cerca de metade da capacidade, está a tirar partido das importações de petróleo mais baratas dos EUA para cerca de um terço da sua matéria-prima. Desde o início deste ano, recebeu pelo menos um superpetroleiro transportando cerca de 2 milhões de barris de WTI Midland por mês.

    Publicidade

    spot_img
    FonteReuters

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Nvidia torna-se empresa mais valiosa da bolsa do mundo

    A fabricante de semicondutores Nvidia se tornou, nesta terça-feira (18), a empresa mais valiosa do mundo, superando Apple e...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema