Portal de Angola
Informação ao minuto
Categoria do Título da Página

Oceania

Última Hora: Morreu Bob Hawke, ex-primeiro-ministro da Austrália

O ex-primeiro-ministro australiano e líder do Partido Trabalhista Bob Hawke, que dominou a política australiana na década de 1980, morreu aos 89 anos de idade, informa a BBC. O político carismático liderou o país de 1983 a 1991 e concebeu as reformas que modernizaram a economia. "Hoje perdemos Bob Hawke, um grande australiano - muitos diriam que o maior australiano da era do pós-guerra", disse Blanche D'Alpuget num comunicado. .

Nova Zelândia: Acusado do massacre a mesquitas com 50 acusações de homicídio

A polícia da Nova Zelândia confirmou esta quinta-feira que apresentou 50 acusações de homicídio e 39 de tentativa de homicídio contra o australiano Brenton Tarrant, acusado do atentado terrorista em duas mesquitas da cidade de Christchurch. Segundo avança a EFE, as autoridades indicaram num comunicado divulgado nas redes sociais que consideram a possibilidade de apresentar outras acusações relacionadas com agressão armada em recintos religiosos. Existe a previsão que Tarrant, preso desde o dia do massacre, ocorrido a…

Sydney, primeira cidade a apagar suas luzes pela Hora do Planeta

A famosa Ópera de Sydney e a ponte da Baía da cidade australiana apagaram suas luzes durante uma hora neste sábado (30), na chamada Hora do Planeta, para aumentar a consciencialização sobre as mudanças climáticas e seu impacto na biodiversidade. Para a 13ª edição da Hora do Planeta, organizada pela ONG WWF, milhões de pessoas em 180 países vão apagar suas luzes às 20h30 para reflectir o impacto do gasto energético sobre as mudanças climáticas e seu papel fundamental na natureza. "Somos a primeira geração a ter…

Nova Zelândia: polícia já identificou as 50 vítimas mortais

O país cumprirá dois minutos de silêncio pelas vítimas e irá ainda transmitir na televisão e rádio pública uma oração de apoio à comunidade muçulmana, esta sexta-feira. De acordo com o Diário de Notícias que cita a Lusa, a polícia da Nova Zelândia anunciou esta quinta-feira que já identificou todas as 50 vítimas mortais do duplo ataque às mesquitas de Christchurch, na passada sexta-feira. "Posso informar que, nos últimos minutos, o processo de identificação das 50 vítimas foi concluído e todas as famílias foram…

Nova Zelândia impõe novas restrições à venda de armas

De acordo com a Sputnik, a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, anunciou nesta quinta-feira, a suspensão do comércio de todos as armas de assalto e semi-automáticas de estilo militar no país, em resposta ao ataque terrorista da última semana. De acordo com a premiê, além das armas em questão, também serão proibidos componentes utilizados nesse tipo de armamento. "Em suma, todas as armas semi-automáticas usadas no ataque terrorista de sexta-feira serão proibidas neste país", disse ela. Na manhã do último…

Atentados: Nova Zelândia pede explicações a Erdogan

O atentado contra as duas mesquitas de Christchurch entrou em força na campanha eleitoral turca. O presidente Recep Tayyip Erdogan mostrou imagens do acto terrorista que custou a vida a 50 pessoas durante acções de campanha e promete castigar o atirador se a Nova Zelândia não o fizer. Wellington não gostou e pediu-lhe explicações. Recep Tayyip Erdogan procura nas eleições de 31 de Março garantir uma boa margem para o seu partido, o AKP (Partido Justiça e Desenvolvimento), e a luta contra os muçulmanos, que o presidente…

Austrália convoca embaixador turco após comentários de Erdogan

O primeiro-ministro australiano Scott Morrison anunciou na quarta-feira que convocará o embaixador turco em Canberra pelas declarações "muito ofensivas" do presidente Recep Tayyip Erdogan sobre os ataques em duas mesquitas na Nova Zelândia. De acordo com a France Press, Erdogan considerou os ataques perpetrados por um australiano como um ataque à Turquia e ao Islão e advertiu os antimuçulmanos daquele país que sofrerão o mesmo destino que os soldados de Gallipoli - uma sangrenta batalha da Primeira Guerra Mundial.…

Nova Zelândia enterra primeiras vítimas do massacre nas mesquitas

Um refugiado sírio e o seu filho foram enterrados nesta quarta-feira na Nova Zelândia, nos primeiros funerais de vítimas do atentado contra duas mesquitas em Christchurch, escreve a Reuters. Centenas de pessoas, principalmente muçulmanas, reuniram-se na manhã desta quarta-feira num cemitério próximo à mesquita de Linwood, o segundo alvo do ataque da sexta-feira, 15 de Março, quando um supremacista branco australiano armado com arma de guerra matou 50 fiéis. A multidão despediu-se de Khalid Mustafa, 44 anos, e de seu…

Atirador da Nova Zelândia enfrentará “toda a força” da lei

Segundo a Reuters, a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, prometeu nesta terça-feira que jamais pronunciará o nome do autor do massacre em duas mesquitas em Christchurch, afirmando que o atirador enfrentará "toda a força da lei". "Enfrentará toda a força da lei na Nova Zelândia", declarou Ardern em sessão extraordinária do Parlamento, que abriu com a saudação Salaam Aleikum ("que a paz esteja convosco"). Cinquenta fiéis foram mortos na sexta-feira, durante as orações da tarde, por um supremacista branco…

Já é segunda-feira em Christchurch e a cidade procura voltar à rotina

Há segurança reforçada, com helicópteros a sobrevoar a cidade. As escolas reabriram hoje, depois de toda a cidade ter sido encerrada na sequência do ataque, escreve o Notícias que cita a Lusa. Na passada sexta-feira, a Nova Zelândia viveu aquele que foi descrito por Jacinda Ardern, a primeira-ministra do país, como "um dos dias mais negros" da sua história. Um homem suspeito de ser supremacista branco, entrou em duas mesquitas armados e matou pelo menos 50 pessoas, ferindo ainda outras dezenas. Dada a diferença…

Autor de atentado na Nova Zelândia mandou e-mail à primeira-ministra

Um dos autores do atentado contra duas mesquitas na Nova Zelândia, Brenton Tarrant enviou à primeira-ministra Jacinda Ardern uma cópia de seu manifesto de extrema-direita minutos antes de cometer o ataque que deixou 49 mortos e 48 feridos, avança o Notícias ao Minuto que cita a ANSA. O escritório da premier, através do porta-voz à imprensa Andrew Campbell, confirmou à emissora CNN que o atirador enviou um e-mail com o manifesto de mais de 70 páginas para a caixa-postal do gabinete. A mensagem foi remetida por um endereço…

Neozelandeses organizam-se para demonstrar apoio a comunidades muçulmanas

De acordo com o Observador que ciata Lusa, habitantes da Nova Zelândia estão hoje a demonstrar apoio às comunidades muçulmanas, em choque depois do ataque de um supremacista branco, acusado de disparar em duas mesquitas, matando 49 pessoas, e que ficou em silêncio perante o juíz. Brenton Harrison Tarrant, de 28 anos, compareceu perante um tribunal, no centro de rígidas medidas de segurança, algemado e vestido com o uniforme prisional, sem demonstrar qualquer emoção quando o juiz leu a primeira acusação de homicídio. O…

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »