Sexta-feira, Julho 19, 2024
29.9 C
Lisboa
More

    Novo álbum de Amy Winehouse preparado pelo estúdio Universal

    A editora Universal disse ontem ao jornal “The Guardian” que está a editar um álbum póstumo da cantora Amy Winehouse, baseado num terceiro disco inédito da cantora, que estava a ser preparado por ela pouco antes da sua morte e já tem 12 faixas gravadas.
    O disco vai ser o sucessor de “Back to Back”, álbum de 2006, que foi a origem de toda a fama e o “culpado” por ela se tornar o centro das atenções, tendo-lhe garantido os seus cinco Grammys.
    “Amy tinha mostrado interesse em voltar aos estúdios, e depois de algumas conversas, toda a gente achou que era uma coisa positiva e uma forma de ela se distrair das outras coisas”, disse uma fonte da Universal, que não quis ser identificada.
    Depois da morte de Amy Winehouse, a decisão de lançar um novo álbum passa também pelos pais da cantora. Só depois da autorização dos dois é que a editora pode planear o lançamento do disco.

    Desculpas da Microsoft

    Uma mensagem no Twitter, que incitava à compra de músicas de Amy Winehouse na loja online Zune Marketplace, da Microsoft, está na origem de uma vaga de críticas na rede, que levou a empresa a pedir desculpas aos milhares de fãs da malograda artista britânica.
    “Recordem a Amy Winehouse fazendo o download do inovador ‘Back To Black’ no Zune”.
    Foi esta a frase que causou celeuma entre os fãs da artista britânica, motivando um pedido oficial de desculpas da Microsoft através da rede social Twitter.
    Os utilizadores classificaram a frase, lançada na conta oficial da consola Xbox360, através da qual é possível aceder ao Marketplace, como “grosseira” e “vil”. A resposta aos críticos pela Microsoft assume tom de incompreensão: “Pedimos desculpa a todos se o nosso tweet anterior acerca do download das canções de Amy Winehouse pareceu puramente motivado por interesses comerciais. Podemos assegurar-vos que está longe de ser este o caso”.
    Na última semana, a venda dos discos de Amy Winehouse, “Frank” (2003) e “Back To Black” (2006), disparou e subiu aos tops de todo o mundo. Segundo a agência noticiosa EFE, países como Portugal, Espanha, França e Grécia encontram-se na extensa lista daqueles em Winehouse regressou ao topo de vendas de álbuns via iTunes, o serviço de vendas da Apple, que domina o mercado de música na Internet.

    Fonte: Jornal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Donald Trump provoca polêmica sobre Taiwan

    Donald Trump defenderá Taiwan no caso de uma invasão da China se vencer as eleições de novembro nos Estados...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema