Domingo, Junho 23, 2024
24.9 C
Lisboa
More

    Covid-19: Governo angolano deve melhorar estratégia de comunicação, dizem especialistas

    O governo angolano tem que melhorar a sua estratégia de comunicação no combate à pandemia da Covid-19, disseram especialistas contactados pela Voz da América.

    Embora as conferências de imprensa regulares tenham sido enaltecidas como um passo importante dessa estratégia o governo deve prestar mais atenção às redes sociais e outros meios de comunicação onde circulam muitas informações sobre a situação sem qualquer presença da informação governamental. Isso propicia espaços para especulações.

    O jornalista e CEO do Portal Marimba Selutu Fernando Guelengue criticou a dispersão de informação sem uma estrutura organizativa de gestão da comunicação e da informação sobre a pandemia em Angola.

    Desde Março que foram registados os primeiros casos importados de covid-19 em Angola a Comissão Multisectorial para o combate contra a pandemia assumiu como principal estratégia a mobilização dos fazedores de opinião em prol da causa e a realização de Conferências de Imprensa diárias.

    É uma comunicação caótica, diz Fernando Guelengue que entende ser um erro usar única e exclusivamente as conferências de imprensa como canal de divulgação de informações sobre a pandemia em Angola.

    “A comunicação não está uniformizada. Isto permitiria compreender a sua direcção e alcançar melhor o seu destinatário. Estamos a assistir ao surgimento de um conjunto de informação dispersa”, disse o nosso interlocutor para quem “não existe uma codificação ou um protocolo na difusão das informações, sendo que muitas delas circulam pelas redes sociais, provenientes de canais diferentes”.

    André Sibi, Presidente da Associação dos Comunicólogos Angolanos, dá nota positiva à realização regular de conferências de imprensa esta iniciativa de acesso à informação.

    “Também criou algumas actividades no âmbito das relações públicas para aproximar os intervenientes no que se consignou como a mobilização de figuras públicas e entidades religiosas para dar rosto e apoio em termos de estratégia”, disse.

    A aposta na comunicação digital deve ser uma prioridade, diz o Jornalista e também Secretário Executivo da Associação Científica de Angola, que manifesta preocupação sobre a campanha de Comunicação Estratégica de Combate ao Covid-19 feita sem os devidos canais oficiais de informação.

    “Lamentavelmente a Google é que está a trabalhar na actualização dos dados sobre Angola, no espaço virtual”, disse.

    O governo não coloca a informação a disposição porque “a dispersão de informação ajuda na manutenção do poder”, reforçou.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Extrema direita avança como favorita nas eleições legislativas da França

    A apenas uma semana do primeiro turno das eleições legislativas na França, a extrema direita lidera as pesquisas e...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema