Domingo, Março 3, 2024
9.8 C
Lisboa
More

    Mais de 80 por cento dos funcionários afluem aos postos de trabalho

    Oitenta por cento dos funcionários das instituições públicas e privadas da cidade de Ondjiva, sede capital do Cunene, afluíram esta terça-feira aos locais de trabalho.

    No primeiro dia laboral de 2024, à ANGOP efectuou uma ronda pelas instituições públicas e privadas para se inteirar da adesão dos profissionais.

    Durante a jornada, constatou-se a presença dos funcionários nas instituições como Governo Provincial, Delegação da Justiça, administração municipal do Cuanhama e nos bancos comerciais.

    Notou-se o pouco movimento pelas artérias da cidade de Ondjiva, visto que a maioria dos funcionários se dirigiram mais cedo aos seus locais de trabalho.

    No mercado informal do Oshomukuio e em alguns estabelecimentos comerciais, foi notório a presença dos vendedores e a exposição dos seus produtos, mas com um movimento fraco de clientes em relação aos dias anteriores.

    A directora do Gabinete dos Recursos Humanos do Governo do Cunene, Rosa Bernardo, disse que a presença dos funcionários é positiva, apenas 20 porcento não compareceu ao local de trabalho.

    Já o chefe da Inspecção Geral de Trabalho (IGT) no Cunene, Wilson Balundo, disse que os trabalhadores que não compareceram no serviço sofrerão algumas medidas administrativas, que vão desde desconto salarial e redução nos dias de gozo de férias.

    Tal como o dia 26 de Dezembro, o 2 de Janeiro é um dia normal de trabalho em Angola.

    Criminalidade no Cunene

    No período de 31 de Dezembro a 1 de Janeiro, foram registados 15 crimes diversos, sendo nove no Cuanhama, quatro em Namacunde e dois no Ombadja. Destes, 11 estão esclarecidos.

    Segundo o director de Comunicação Institucional e Imprensa do Comando da Polícia Nacional no Cunene, Nicolau Tuvecalela, os crimes incidem em homicídio qualificado com recurso a arma branca, ameaça de morte e violência doméstica, tráfico de liamba, furtos e difamação.

    Na sequência dos delitos, disse que foram detidos 10 cidadãos.

    Relativamente aos acidentes de viação, falou de quatro caracterizados por colisão entre motociclo, atropelamento, despistes e choque contra obstáculo fixo, que provocaram quatro feridos.

    Quanto ao asseguramento da fronteira entre Angola e Namíbia, informou que foram notificadas 33 ocorrências.

    Durante o asseguramento da quadra festiva, foram mobilizados quatro mil efectivos dos diferentes órgãos da Delegação do Interior, Forças Armadas Angolanas e instituições privadas. PEM/LHE/OHA

    Publicidade

    spot_img
    FonteAngop

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Líder da Junta Militar do Chade anuncia candidatura depois do assassinato do líder da oposição

    O líder da Junta Militar do Chade, Mahamat Idriss Deby Itno, anunciou neste sábado, 2, a sua candidatura às...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema