Quarta-feira, Abril 17, 2024
23.2 C
Lisboa
More

    África do Sul: Jacob Zuma escapa ileso de acidente de viação

    O ex-Presidente sul-africano Jacob Zuma sobreviveu a um acidente de carro causado por um condutor embriagado. Incidente surge após a desqualificação de Zuma para as eleições gerais.

    O ex-Presidente da África do Sul, Jacob Zuma, sobreviveu a um acidente de viação, depois de o veículo que o transportava ter sido atingido por um condutor embriagado, informou a polícia esta sexta-feira (29.03).

    O incidente ocorreu na noite de quinta-feira, poucas horas depois de as autoridades eleitorais terem impedido Zuma de se candidatar às eleições gerais de 29 de maio, aumentando ainda mais as tensões no período pré-eleitoral.

    O carro do motorista “colidiu com o veículo oficial blindado do ex-Presidente Jacob Zuma”, disse o Serviço de Polícia da África do Sul (SAPS).

    O condutor de 51 anos foi detido na província de KwaZulu Natal “por conduzir embriagado, bem como por uma acusação de condução imprudente e negligente”, afirmou o SAPS, acrescentando que o detido deverá comparecer em tribunal na terça-feira.

    Zuma e os seus guarda-costas escaparam ilesos e o ex-chefe de Estado de 81 anos foi levado para a sua residência.

    Acidente não foi coincidência, diz partido

    Zuma, um antigo veterano do Congresso Nacional Africano (ANC, no poder), foi forçado a sair do cargo em 2018 sob alegações de corrupção, mas ainda exerce influência política.

    Em dezembro, anunciou que iria fazer campanha para o partido da oposição uMkhonto we Sizwe (MK), numa tentativa de relançar a sua carreira – um grande golpe para o ANC.

    Na quarta-feira, o ANC apresentou um novo pedido judicial contra o MK, depois de ter perdido uma primeira tentativa de o desqualificar. O ANC afirma que o nome e o logótipo do MK são semelhantes aos da ala militar do ANC, agora dissolvida na era do apartheid e outrora liderada por Nelson Mandela, e que isso poderia enganar ou confundir os eleitores.

    O porta-voz do MK, Nhlamulo Ndhlela, alegou que a colisão do carro não foi uma coincidência. “O ministro da polícia responsável pela unidade de proteção do antigo Presidente não atualiza o seu veículo há oito anos e é a mesma pessoa que já proferiu mensagens sobre o enterro de Zuma”, disse Ndhlela à agência de notícias AFP.

    “Há aqui um jogo subreptício”, disse, alegando que o carro de Zuma foi especificamente visado na comitiva.

    Tensões políticas

    As tensões políticas estão ao rubro no período que antecede as eleições, em que o ANC está à beira de ficar abaixo dos 50% dos votos pela primeira vez desde que chegou ao poder no final do apartheid, em 1994. O partido está a perder apoio no meio de uma economia fraca e de alegações de corrupção e má gestão.

    O acidente de viação de Zuma, dois meses antes da votação, deu origem a teorias da conspiração nas redes sociais.

    Quando questionado sobre como Zuma estava, Ndhlela disse à AFP: “Ele está bem-disposto, como sempre, e esta manhã estava a rir-se do acidente.

    “Mas isso não significa que ele tenha encarado o acidente de ânimo leve (ou que) não esteja ciente do que está a acontecer. O Sr. Zuma está hoje na igreja a rezar para que o diabo não entre no MK”, concluiu Ndhlela, referindo-se ao ANC.

    Publicidade

    spot_img
    FonteDW

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Relação diz “que não há qualquer indício” de que António Costa tenha falado com Lacerda Machado sobre Sines

    O Tribunal da Relação de Lisboa não encontrou nos autos da investigação da Operação Influencer, que resultou na demissão...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema