Terça-feira, Julho 16, 2024
20.6 C
Lisboa
More

    Taxa de crescimento da inflação abranda e metical suplanta dólar

    O Banco de Moçambique (BM) anunciou, em conferência de imprensa, que a inflação acumulada desacelerou pela primeira vez este ano, cifrando-se, actualmente, nos 3,31 por cento, face aos 10,25 por cento registados no período homólogo do ano passado. De igual modo, também a inflação média anual desacelerou pelo segundo mês consecutivo, fixando-se nos 14,75 por cento.
    Relativamente às taxas de câmbio, o Banco de Moçambique refere que o metical valorizou-se 3,67 por cento em relação ao dólar, passando dos 29,73 para os 28,64 meticais por dólar, registando-se uma apreciação acumulada de 12,76 por cento.
    Quanto às reservas externas, dados preliminares, que se reportam a Junho deste ano, apontam para um saldo de 2.095,2 milhões de dólares, o que equivale a 4,5 meses de cobertura de bens e serviços não factoriais.
    De acordo com Waldemar Sousa, porta-voz e administrador do Banco de Moçambique, a tendência de desaceleração mensal do Índice de Preços no Consumidor (IPC) tem como justificação a maior oferta de produtos frescos, típicos da época, em conjugação com a actual apreciação do metical face ao dólar, que resulta na queda dos preços de bens de consumo importados por Moçambique. Waldemar Sousa apontou também como justificação a coordenação das políticas monetária e fiscal do Estado, resultado da atribuição de subsídios do Governo que visam minorar o custo de vida em Moçambique.
    A contínua apreciação do metical face ao dólar pode, na opinião de Waldemar Sousa, resultar de uma série de factores, nomeadamente, da maior disponibilidade de divisas no mercado favorecidas pelo endividamento externo, que atingiu no primeiro semestre 900 milhões de dólares, da maior capitalização com recursos externos e de grandes investimentos estrangeiros e da entrada de fundos de ajuda externa que se situou, durante os primeiros seis meses do ano, nos 313,7 milhões de dólares.
    Outra explicação apontada para a valorização do metical foi a disponibilização, por parte do Banco de Moçambique, de divisas para cobertura total das despesas com combustíveis, que permitiu dotar os bancos comerciais de mais moeda estrangeira para o uso dos seus clientes, segundo W. Sousa.

    Fonte: Jornal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Trump é retirado de comício na Pensilvânia após disparos

    O ex-presidente americano Donald Trump, candidato à reeleição, foi retirado do palco neste sábado durante um comício na Pensilvânia,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema