Sábado, Março 2, 2024
14.8 C
Lisboa
More

    Egito repatria trabalhadores de Embaixada na Líbia

    libia-tripoli2Tripoli, Líbia – As autoridades egípcias repatriaram sábado os diplomatas e os trabalhadores da sua Embaixada em Tripoli, após o rapto de cinco diplomatas egípcios por homens não identificados, anunciou uma fonte segura na capital líbia.

    « Um avião da companhia aérea Egypt Air deixou o aeroporto internacional de Tripoli com todos os trabalhadores da Embaixada do Egito e as suas famílias a bordo »,  precisou a fonte.

    O Ministério líbio dos Negócios Estrangeiros anunciou antes que quatro trabalhadores da Embaixada do Egito, dos quais o adido cultural, foram raptados. Sexta-feira última um outro diplomata egípcio foi sequestrado.

    « O adido cultural e três outros trabalhadores da Embaixada do Egito na Líbia foram raptados este sábado em Tripoli », declarou o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Said al-Aswadani.

    Ele precisou que homens não identificados raptaram sábado o adido cultural da Embaixada do Egito em Tripoli, Al-Hilali la-Charini, e três trabalhadores do centro cultural egípcio na capital líbia.

    Homens não identificados sequestraram sexta-feira à noite em Tripoli o assessor administrativo da Embaixada do Egito na Líbia, Hamdi Ghayth.

    Estes raptos acontecem algumas horas após o anúncio da detenção sexta-feira à noite na cidade de Alexandria (Egito) do chefe do centro de Thowars (ex-rebeldes) a nível nacional, Cheikh Choaban Hadiya, quando ele esteve num apartamento da cidade.

    Cheikh Choaban Hadiya faz parte dos maiores líderes de Thowars da Líbia que participaram na destituição do regime do finado ditador Muamar Kadafi em 2011.

    Sexta-feira, o Congresso pediu às autoridades egípcias para libertar imediatamente Hadiya.

    Várias províncias da Líbia estão confrontadas com insegurança marcada por sequestros, dos quais o primeiro-ministro Ali Zeidan pessoalmente foi vítima em outubro último. Ele foi sequestrado durante várias horas antes de ser libertado.

    Na semana passada, o adido comercial da Coreia do Sul foi libertado três horas após o seu sequestro. (panapress.com)

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    PGR realça empenho no combate à criminalidade económico-financeira

    O Procurador-Geral da República (PGR), Hélder Pitta Groz, sublinhou esta sexta-feira, em Luanda, que o esforço e empenho da...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema