Segunda-feira, Março 4, 2024
14.2 C
Lisboa
More

    Dois filmes angolanos seleccionados para o Festin-2012

    Dois dos quatro filmes angolanos candidatos para o terceiro Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa (FESTIN-2012), foram seleccionados para o evento, que se realiza, em Lisboa, entre 9 e 16 de Maio, anunciou, esta quinta-feira, a organização.

    Durante a sua apresentação oficial, em conferência de imprensa, no Cinema São Jorge, na capital lusa, a organização revelou que as duas produções angolanas seleccionadas são “Teatro de Quintal” e “Festa de Quintal”, respectivamente, curta e longas-metragens do realizador Coreón Dú.

    Segundo a organização, os outros dois filmes angolanos inscritos, a longa-metragem “Por aqui tudo bem”, uma produção luso-angolana de Pocas Pascoal, “desistiu por estar a participar de um outro festival”, enquanto que “Outros Rituais Mais ou Menos”, de Jorge António, “não ficou pronto atempadamente”.
    Concorrem para o festival 76 filmes, maioritariamente brasileiros e portugueses, seleccionados de um total de 272 películas candidatas.

    Além dos dois filmes angolanos, os países africanos de expressão portuguesa estarão representados, ainda, por “Revolução nos Rabelados”, de Mário Benvindo Cabral (Cabo Verde); Clara di Sabura”, de José Lopes (Guiné-Bissau); assim como “A Ilha dos Espíritos” e “A Ponte”, dos moçambicanos Licínio de Azevedo e de Diana Manhiça, respectivamente.

    A terceira edição do Festival de Cinema Itinerante dedicado aos países lusófonos vai homenagear a cinematografia brasileira, no âmbito das comemorações do Ano do Brasil em Portugal, passando a integrar anualmente na sua programação a Mostra de Cinema Brasileiro.

    O Festival, criado em 2010 com o objectivo de celebrar e fortalecer a cultura de expressão portuguesa, através do cinema, num ambiente de partilha, intercâmbio e inclusão social, exibiu, na edição do ano passado, 78 produções, tendo sido visto por mais de três mil espectadores.

    À semelhança das edições anteriores, mantém-se a “Mostra de Cinema para a Inclusão”, que, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e da empresa EDP, reúne um conjunto de 10 curtas-metragens de âmbito social, com destaque para a apresentação do projecto ”Quinta do Mocho”.

    A mostra Festin-musical e actividades paralelas, como oficinas e mesas-redondas, completam a programação, produzida pela empresa “Padrão Actual” em sintonia com a Fundação Luso-brasileira e da EGEAC – Cinema São Jorge.

    Fonte: ANGOP

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    TAAG promove Angola e destinos africanos na bolsa do turismo de Lisboa

    A TAAG-Linhas Aéreas de Angola participou de 28 de Fevereiro a três de corrente mês, na 4ª edição da...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema