Portal de Angola
Informação ao minuto
Categoria do Título da Página

Guiné Equatorial

Guiné Equatorial: Deslocação de deputados condicionada autorização do Vice-Presidente

Os parlamentares equato-guineenses que pretendem viajar devem obter a autorização do vice-presidente, Teodorín Nguema Obiang Mangue, noticiou a Juene Afrique. Trata-se de uma medida tomada em nome do “interesse nacional”, segundo uma nota datada de 27 de Julho. De igual modo, os deputados equato-guineenses que pretendem deslocar-se ao estrangeiro devem antes, submeter um pedido ao presidente da Assembleia nacional ou Senado, “com o acordo do vice-presidente da República, Teodorín Nguema Obiang Mangue, filho do…

Governo da Guiné Equatorial recusa executivo de unidade nacional

O governo da Guiné Equatorial recusou este domingo a formação de um executivo de unidade nacional transitório até às eleições, disse o líder da Convergência para a Democracia Social (oposição), Andrés Esono. A recusa da proposta da oposição aconteceu no âmbito da VI Mesa Nacional do Diálogo, que terminou hoje no Centro de Conferências de Sipopo, arredores de Malabo, nas sessões públicas, passando a reunião à porta fechada. “Pensávamos que na reunião à porta fechada ia ser negociado para chegarmos a um acordo. E não…

Obiang vai encerrar Mesa do Diálogo com oposição na Guiné Equatorial

O Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, vai participar na segunda-feira na Sexta Mesa de Diálogo entre Governo e oposição, estando presente durante a cerimónia de encerramento, anunciou hoje a televisão estatal. Embora as datas originais das reuniões sejam até sábado, a cerimónia de encerramento foi adiada até segunda-feira. No sábado, os líderes políticos vão reunir-se para fechar acordos sobre os temas discutidos, explicou o primeiro-ministro, Francisco Obama Asué. O comunicado não especifica se…

Guiné Equatorial quer acolher cimeira da CPLP em 2022

A Guiné Equatorial quer acolher a cimeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa em 2022, após a presidência angolana da organização. A Guiné Equatorial quer acolher a cimeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) em 2022, após a presidência angolana da organização, disse esta quinta-feira o assessor do Presidente equato-guineense. Em declarações à Lusa, Murade Murargy, assessor de Teodoro Obiang Nguema para as questões da comunidade lusófona, afirmou que Malabo quer receber a conferência de…

PR Guiné Equatorial assegura cumprimento das regras de adesão à CPLP, mas ignora pena de morte

O Presidente da Guiné Equatorial declarou esta terça-feira que o país está a seguir “de forma paulatina e segura” o roteiro da integração na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), sem se referir à abolição da pena de morte. “Após quatro anos da nossa admissão, o roteiro da nossa integração tem sido seguido de forma paulatina e segura”, afirmou Teodoro Obiang Nguema, intervindo, num discurso em português, na sessão de abertura da XII conferência de chefes de Estado e de Governo da CPLP, que decorre esta terça e…

FMI elogia reformas na Guiné Equatorial

O Fundo Monetário Internacional (FMI) considerou esta quarta-feira que a Guiné Equatorial está a fazer progressos no programa de reformas estruturais no país, alertando para a necessidade de proteger os mais pobres dos efeitos do ajustamento económico. "Apesar das substanciais dificuldades económicas, as autoridades fizeram progressos na implementação do seu programa de reformas, e estão a contribuir para a estratégia de ajustamento regional", segundo a primeira avaliação ao programa monitorizado pela equipa do FMI…

Presidente da Guiné Equatorial decreta amnistia total aos presos políticos

O presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema, aprovou "a amnistia total" para os presos políticos e opositores condenados ou com direitos políticos suspensos, numa mensagem citada nesta quinta-feira pela agência EFE. "Concedo amnistia a todos os cidadãos condenados pelos tribunais (...) por crimes políticos no exercício da sua actividade, estejam cumprindo pena ou não". A mensagem precisa que a amnistia também se aplica a qualquer pessoa "privada de liberdade ou não, impedida de exercer os seus direitos…

Guiné Equatorial aperta o cerco às redes sociais

Na Guiné Equatorial, o Governo de Teodoro Obiang Nguema prepara o cerco aos utilizadores das redes sociais. Um pacote legislativo está a ser preparado para que haja um utilização responsável dos cibernautas. A confirmação é de Virgilio Seriche Rilobo, vice-ministro da comunicação social daquele pais que participa pela primeira vez aqui na Alemanha no Global Media Forum (GMF), organizado pela Deutsche Welle. O país dirigido por Teodoro Obiang Nguema desde 1979, prepara atualmente uma legislação que visa controlar a…

Guiné Equatorial anuncia diálogo para “paz e desenvolvimento”

O Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema, anunciou hoje a convocação de mais um diálogo político em julho, "para preservar a paz e o desenvolvimento que o país conhece atualmente", num discurso transmitido na televisão estatal. "O diálogo e a concertação política constituem vias para preservar a paz e o desenvolvimento", explicou Teodoro Obiang, de 76 anos, à frente dos destinos da Guiné Equatorial desde 1979. Para o poder dominante, o diálogo político - o sexto sob a presidência de Obiang - é um…

Camarões reabre fronteira com a Guiné Equatorial

Os Camarões e a Guiné Equatorial reabriram nesta quarta-feira, a sua fronteira comum, seis meses após do seu encerramento para conter o movimento de grupos armados que lutaram para derrubar o presidente equato-guinense, Teodoro Obiang Nguema, noticiou a Prensa Latina. Epharaim Mukwah, um camionista de 43 anos, nascido nos Camarões, disse a imprensa que está satisfeito do facto d as autoridades da Guiné Equatorial lhe terem finalmente autorizado a regressar ao seu país. Não obstante isso, as autoridades de ambos os…

Abolição da pena de morte na Guiné Equatorial está “em curso”

O chefe da diplomacia da Guiné Equatorial afirmou hoje em Lisboa que está em curso "um processo" jurídico e político para abolir a pena de morte, e insistiu que não há execuções, apesar de persistirem condenações à pena máxima. "Quero aqui reafirmar que há um processo para abolir a pena de morte na Guiné Equatorial. Estamos a realizar esse processo, fizemos uma moratória, e desde então ninguém foi executado", disse o ministro dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Simeón Angüé, que começou hoje a sua primeira…

Guiné Equatorial reafirma compromisso com português e condena “críticas fora dos canais competentes”

A Guiné Equatorial reiterou hoje o seu compromisso com a "implantação do português no quotidiano" e afirmou que o "funcionamento" da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) "não permite a crítica fora dos canais competentes". A missão permanente da Guiné Equatorial junto da CPLP reage assim, em comunicado enviado à Lusa, a declarações da nova presidente do conselho científico do Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), a portuguesa Margarita Correia, que afirmou que "não tem sido muito visível a…

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »