Quarta-feira, Maio 29, 2024
17.8 C
Lisboa
More

    Portugal: Tribunal Constitucional veta corte feito pelo governo nos subsídios dos funcionários públicos

    Os juízes declararam inconstitucional a suspensão do pagamento dos subsídios de férias e de Natal dos funcionários públicos, pensionistas e reformados, considerando que foi violado o princípio da igualdade.

    Por uma maioria clara de nove contra três, os juízes do Tribunal Constitucional declararam inconstitucional a suspensão do pagamento dos subsídios de férias e de Natal dos funcionários públicos, pensionistas e reformados.

    O Tribunal considera que foi violado o princípio da igualdade e que “ultrapassa os limites da proibição do excesso em termos de igualdade proporcional”.

    Mas os juízes restringem os efeitos da sua decisão, não a aplicando à suspensão durante o presente ano, por já se encontrar “em curso avançado” a execução orçamental e a decisão poder por em causa o cumprimento das metas do défice.

    Segundo o texto do comunicado do TC, “a medida traduzia-se numa imposição de um sacrifício adicional que não tinha equivalente para a generalidade dos outros cidadãos que auferem rendimentos provenientes de outras fontes”.

    Por essa razão, os juízes concluiram que “a diferença de tratamento era de tal modo acentuada e significativa que as razões de eficácia na prossecução do objetivo de redução do défice público que fundamentavam tal opção não tinham uma valia suficiente para a justificar.

    “Esse diferente tratamento” – diz ainda o texto – “ultrapassa os limites da proibição do excesso em termos de igualdade proporcional”.

    O Tribunal considerou ainda que “apesar da Constituição não poder ficar alheia à realidade económica e financeira, sobretudo em situações de graves dificuldades, ela possui uma específica autonomia normativa que impede que os objetivos económico-financeiros prevaleçam, sem qualquer limites, sobre parâmetros como o da igualdade, que a Constituição defende e deve fazer cumprir”.

    O acórdão do TC foi suscitado por um pedido de declaração de inconstitucionalidade apresentado por um grupo de deputados.

    FONTE: Expresso

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    A China está de volta à África desta vez com mais investimentos e menos empréstimos

    O principal programa de cooperação económica da China está a ser relançado após uma pausa durante a pandemia global,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema