Quarta-feira, Julho 17, 2024
26.7 C
Lisboa
More

    Centenário: Universidade Agostinho Neto homenageia o seu patrono

    A Universidade Agostinho Neto deu início, nesta quarta feira, em Luanda, a homenagens ao seu patrono Agostinho Neto, no âmbito da celebração dos 60 anos da universidade e do centenário do seu patrono, que foi o primeiro reitor.

    No Museu Nacional de História Militar foi içada a bandeira nacional, seguido de um minuto de silêncio em memória dos heróis nacionais, em cerimónia assistida por estudantes, docentes e membros da UAN, cuja actividade decorre sob o lema “UAN 60 anos inovar para transformar”.

    Para celebrar os 60 anos diversas actividades serão realizadas até 31 de Dezembro, e para hoje consta a assinatura de dois acordos com a Orquestra sinfônica de Angola e com o Gabinete operacional do novo aeroporto internacional de Luanda, que visa transformá-lo em aeroporto verde para a produção de energia limpa.

    Fundada em Agosto de 1962, foi transformada em universidade de Angola, a 28 de Setembro de 1976, um ano depois da proclamação da Independência Nacional.

    Vista parcial da Universidade Agostinho Neto (UAN).
    (Angop)

    A UAN teve o Fundador da Nação como seu primeiro reitor no pós-Independência, tendo adoptado a actual designação a 24 de Janeiro de 1985.

    António Agostinho Neto nasceu a 17 de Setembro de 1922, em Kaxicane (Icolo e Bengo) e faleceu a 10 de Setembro de 1979.

    Como primeiro Presidente de Angola, proclamou a Independência do país, a 11 de Novembro de 1975. É uma referência da cultura nacional, tendo escrito várias obras traduzidas em várias línguas, com destaque para “Quatro Poemas de Agostinho Neto”, em 1957, “Sagrada Esperança”, 1974, e “A Renúncia Impossível”, em 1982.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    FMI: Crescimento global estável em meio à desinflação mais lenta e à crescente fragmentação geoeconómica

    O FMI publicou na terça-feira a revisão das suas projeções sobre a economia mundial. O Fundo Monetário Internacional alertou que...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema