Segunda-feira, Julho 15, 2024
19.6 C
Lisboa
More

    Idriss Bedy reconhece importância do Exercício militar Kwanza realizado em Angola

    O Presidente da República do Tchad, Idriss Bedy Into, reconheceu na cidade de Ndjamena, capital tchadiana, a importância da realização em Angola do exercício militar “Kwanza 2010”, das Forças Armadas dos países membros da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC).

    O estadista tchadiano falava na cerimónia de abertura da 15ª cimeira dos chefes de Estado e de Governo, na qualidade de presidente em exercício da CEEAC, onde Angola, como estado membro deste organismo regional, faz-se representar pelo seu vice-presidente, Fernando da Piedade Dias dos Santos.

    O vice-presidente, Fernando da Piedade Dias dos Santos, representa no evento o Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos..

    Na sua intervenção, Idriss Deby referiu que os exercícios “Kwanza 2010”, realizados de 20 de Maio a 10 de Junho de 2010 na região de Cabo Ledo, sul de Luanda, e o “Bar El Gazel”, em 2007, no Tchad, permitiram à força de manutenção de paz alcançar os objectivos de certificação das normas da União Africana e das Nações Unidas destas Forças em Estado de Alerta da África Central.

    As Forças em Estado de Alerta da África Central, integrada pelos 10 estados membros da CEEAC, são efectivos de intervenção que tem como missão garantir a paz e estabilidade em um determinado país em conflito quando solicitadas, pela União Africana ou Nações Unidas, de acordo com as normas e regulamentos destes.

    Defendeu que a força regional da CEEAC deve estar capacitada em planificar e conduzir as operações de manutenção de paz tendo em conta as normas africanas.

    Noutra parte do seu discurso, Idriss Beby falou dos conflitos armados ainda latentes em África, que em sua opinião só prejudicam o bom desenvolvimento dos estados do continente, para o bem dos seus povos.

    Enalteceu a contribuição prestada pelos chefes de Estado da região no processo de reintegração económica da zona, factor que em sua opinião contribuirá para o rápido crescimento dos estados membros da CEEAC.

    “É necessário abandonar o egoísmo e o nacionalismo exacerbado, para uma política voluntarista de integração em benefício das populações”, afirmou Idriss Deby, que apelou para o combate à proliferação de armas no espaço regional, a pirataria marítima e tráfico de órgãos humanos e drogas.

    Após à cerimónia de abertura, os presidentes e os representantes dos demais chefes de Estado reuniram-se durante mais de três horas a porta-fechada para discutir questões de interesse político, económico e social da instituição.

    Presentes na cerimónia de abertura do evento, que deve terminar ainda hoje, os chefes de Estado do Congo, da República Centro Africana do Burundi e da Guiné-Equatorial e os chefes de governo do Gabão, República Democrática do Congo, de São Tomé e Princípe e dos Camarões, países que integram a comunidade.

    O presidente da Comissão da União Africana, Jean Ping, o Secretário-geral da CEEAC, Louis Sylvain-Boma, representantes do secretário-geral da ONU, do Banco Africano de Desenvolvimento, da Organização Mundial da Saúde e chefes das demais instituições da CEEAC, estiveram também na cerimónia de abertura.

    Este encontro a nível de chefes de Estado e de Governo foi antecedido de reuniões de peritos e de ministros da Comunidade Económica dos Estados da África Central, que decorreram igualmente em Ndjamena.

    Fonte: Angop

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Trump é retirado de comício na Pensilvânia após disparos

    O ex-presidente americano Donald Trump, candidato à reeleição, foi retirado do palco neste sábado durante um comício na Pensilvânia,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema