Terça-feira, Maio 21, 2024
14.8 C
Lisboa
More

    Professores universitários regressam às aulas com um aviso se Governo não cumprir

    Os professores do ensino superior público em Angola decidiram retomar as aulas esta segunda-feira, 22, mas admitem voltar à greve, por tempo indeterminado, se, até ao dia 3 de Janeiro, de 2022, o Governo não honrar os compromissos que assumiu com os profissionais da classe.

    A decisão foi tomada pela assembleia geral organizada, na última sexta-feira (19), pelo Sindicato Nacional dos Professores do Ensino Superior (SINPES), cerca de duas semanas depois da suspensão das aulas em todas as universidades públicas do país.

    Para o secretário-geral do sindicato, Eduardo Peres Alberto, o Governo prometeu satisfazer a maioria das reivindicações durante o próximo mês de Dezembro, com destaque para o início das eleições para a escolha dos gestores nas unidades orgânicas, a partir do dia 14.

    O sindicalista diz, entretanto, que os professores concluíram que “o Governo promete muito e cumpre pouco, daí a decisão dos professores de interpolar a greve”.

    A organização sindical assinou na passada quarta-feira, 17, um “memorando de entendimento” com os ministérios das Finanças, do Ensino Superior e do Trabalho e Segurança Social que visa satisfazer as oito reivindicações da classe.

    Na altura, o secretário-geral do Sindicato, Peres Alberto, há havia avisado que qualquer incumprimento nas promessas da entidade patronal seria “motivo de greve” e que a interpolação de greves seria a decisão mais acertada dos professores.

    Com base nos entendimentos alcançados, o Governo prometeu elevar o salário do professor catedrático ao equivalente a cinco mil dólares e dois mil para o professor assistente estagiário.

    Na actualidade, um professor catedrático tem um salário de 400 mil kwanzas, muito aquém dos 500 dólares americanos.

    Entre outras reivindicações, os professores exigem o seguro de saúde, a melhoria das condições de trabalho, infra-estruturas para as instituições de ensino superior, a formação dos docentes e trabalhadores não docentes e um fundo de investigação científica e publicações.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Presidente da República recebe PCA da TotalEnergies, enquanto produção de petróleo em Angola cai para 1,083 milhões bd

    O Presidente da República, João Lourenço, recebeu, esta segunda-feira, em Luanda, o Presidente do Conselho de Administração (PCA) da...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema