Segunda-feira, Julho 22, 2024
35.1 C
Lisboa
More

    UE deve adiar regulamentação da desflorestação, diz parlamentar europeu, fazendo eco das preocupações dos países em desenvolvimento

    A União Europeia deveria adiar um regulamento para combater a desflorestação para além das suas fronteiras e aproveitar o tempo para uma revisão que reduziria a carga burocrática, de acordo com Peter Liese, membro sénior do Parlamento Europeu.

    O apelo de Liese, porta-voz para o ambiente do Partido Popular Europeu, o maior grupo no parlamento, surge no meio das preocupações dos países em desenvolvimento de que o Regulamento da Desflorestação crie burocracia e penalize os produtores. Os Estados Unidos juntaram-se no mês passado ao coro de críticos, instando a UE a adiar a lei.

    O regulamento, conhecido como EUDR, visa reprimir a destruição das florestas resultante da produção de bens como a borracha, a carne de bovino, o cacau, o café e a madeira. As regras, que entram em vigor no final do ano, exigem que os importadores forneçam documentação que comprove que tais produtos não estão ligados à desflorestação. Embora a UE tenha razão em prosseguir o objectivo, a forma como é implementado deverá mudar, de acordo com Liese.

    “Devemos fazer algo em relação à desflorestação em todo o mundo e levar a sério a nossa responsabilidade”, disse Liese em comunicado na quinta-feira. “No entanto, a regulamentação transformou-se num monstro burocrático.”

    Na sua forma actual, o EUDR ameaça consequências de longo alcance para mais de 110 mil milhões de dólares de comércio anual, para economias em seis continentes e para fornecedores que lutam para lidar com a realidade do esforço da Europa para ser mais verde. Cada grão de café, carcaça de carne de bovino e tronco de madeira – juntamente com coisas como chocolate, pneus e livros – terão de ser rastreados até aos locais exactos de onde vieram, ou a UE aplicará sanções pesadas.

    Muitos pequenos agricultores em todo o mundo e mesmo pequenos proprietários florestais na União Europeia não podem trabalhar com as disposições legais existentes, segundo Liese. Disse que depois de muitas discussões que manteve com a Comissão Europeia e outros grupos políticos no parlamento, está optimista de que o braço regulador da UE irá propor um adiamento e a assembleia do bloco irá apoiá-lo.

    “Podemos adotar o adiamento a curto prazo fazendo uso do procedimento urgente para que todas as partes tenham tempo para respirar e depois discutir com calma alterações ao texto que signifiquem menos burocracia, mas ainda proteção contra a desflorestação”, disse Liese.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Trump diz que Kamala Harris será mais fácil de derrotar do que Biden

    O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, disse à CNN neste domingo que acha que será...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema