Terça-feira, Junho 25, 2024
18.3 C
Lisboa
More

    Trabalhistas impõem grande derrota a premiê britânico em eleições parciais

    O Partido Trabalhista do Reino Unido impôs uma grande derrota ao primeiro-ministro Rishi Sunak e seu Partido Conservador nesta sexta-feira, conquistando dois assentos parlamentares que, segundo o líder trabalhista Keir Starmer, mostraram que os eleitores desejam mudanças na próxima eleição nacional.

    A dupla derrota mostrou uma grande queda no apoio aos conservadores, que venceram as últimas quatro votações nacionais, e sugere que os trabalhistas estão no caminho certo para conquistar o poder pela primeira vez desde 2010 em uma eleição esperada para o próximo ano.

    Embora as chamadas eleições parciais geralmente sejam perdidas pelo partido governista, a escala da derrota em duas cadeiras parlamentares que os conservadores ocupam há anos aumenta a pressão sobre Sunak, que assumiu o cargo há quase um ano, depois que seu partido se envolveu em escândalos e caos sob líderes anteriores.

    Starmer, que tem levado os trabalhistas para mais próximo do centro do espectro político, disse que os votos mostraram que seu partido é o “partido do futuro”.

    “Está claro que os eleitores daqui deram as costas a um governo Tory (conservador) fracassado. Eles já estão fartos do declínio dos últimos 13 anos e estão clamando por mudanças”, disse ele, dividindo o palco em Mid-Bedfordshire, uma área a cerca de 80 km ao norte de Londres, com seu novo parlamentar.

    Os trabalhistas venceram em Mid-Bedfordshire ao derrubar uma diferença de quase 25 mil votos – o maior déficit que o partido superou em uma eleição parcial desde 1945.

    O partido também derrubou uma grande maioria em outro antigo reduto conservador, Tamworth, um distrito eleitoral em grande parte rural na região central da Inglaterra, com o partido desfrutando da segunda maior virada em relação aos conservadores desde a Segunda Guerra Mundial.

    Muitos conservadores já haviam se resignado a perder as duas disputas. Mas muitos disseram que Sunak ainda tem tempo para tentar recuperar a vantagem substancial que o partido de Starmer tem nas pesquisas de opinião.

    O Partido Conservador venceu apenas uma das últimas 12 eleições parciais, sendo que metade das disputas foi causada pela renúncia de políticos por má conduta.

    Sunak, um ex-banqueiro de 43 anos, tem buscado se apresentar como um reformador ousado, não mais o tecnocrata cauteloso que restaurou parte da credibilidade do Reino Unido depois que escândalos e caos forçaram seus dois antecessores a deixar o cargo.

    Mas com os eleitores irritados com a inflação alta, a estagnação econômica e os longos períodos de espera para usar o serviço de saúde estatal, Sunak está correndo contra o tempo para diminuir a diferença em relação ao Partido Trabalhista, que tem uma vantagem de dois dígitos nas pesquisas sobre os conservadores há mais de um ano.

    Publicidade

    spot_img
    FonteAFP

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    TPI emite mandados de prisão contra comandante do Estado-Maior e ex-ministro russo

    O Tribunal Penal Internacional (TPI) anunciou nesta terça-feira (25) que emitiu mandados de detenção contra o comandante do Estado-Maior...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema