Terça-feira, Março 5, 2024
15 C
Lisboa
More

    Sarcófago: Obras para construção da «última morada» de JES decorrem a ritmo acelerado

    Envolta em incertezas a transladação do corpo do «Arquitecto da Paz», um dado assente pode-se avançar: a construção da «última morada» caso o Governo vença a briga judicial travada com a família de JES.

    As obras para a construção de um sarcófago onde vai ser enterrado o ex-Presidente da República, José Eduardo dos Santos, decorrem a ritmo acelerado, constatou a equipa de reportagem do Novo Jornal.

    Numa ronda ao referido espaço, que sita na zona da Praia do Bispo, por detrás do Memorial António Agostinho Neto, foi possível ver o movimento frenético de entrada e saída de camiões carregados de areia e burgau.

    Num intervalo de uma semana, «a futura casa» do “Arquitecto da Paz” ganhou vida, saindo dum espaço dominado por uma imensidão de areia para o fluir de zonas pavimentadas e de tendas.

    À entrada do perímetro, é visível o asfalto acabado de ser feito, que, segundo as fontes que falaram ao Novo Jornal, levou menos de um dia para terminar.

    “Esse asfalto foi feito em um dia. Ontem??[terça-feira, 19], quando saí daqui deixei os homens a preparar o espaço. Hoje, já temos o asfalto terminado. O trabalho aqui não pára”, referiu a fonte, que desenvolve a sua actividade laboral na zona próxima ao espaço.

    Outra fonte, um morador da zona, confidenciou que as obras no recinto ganharam forma dois dias depois da morte do ex-Presidente da República, que ocorreu numa sexta-feira, precisamente a 8 deste mês.

    Ao atravessar o portão principal, com vestígios de pintura recente, abre-se a vista para o asfalto, que é o caminho aberto para o centro de tudo, a estrutura onde está a ser erguido o sarcófago, que já vai ganhando forma.

    Nos preparos para a conclusão da «última morada» do ex-Chefe de Estado, vislumbram-se os blocos e armação que tomam conta do centro das atenções do espaço.

    Logo à esquerda do portão principal está um leque de tendas, espaço reservado para as homenagens e último adeus ao ex-Presidente.

    Pelo que observou a equipa de reportagem deste semanário, o cenário está todo montado para acolher o homem que liderou o País durante 38 anos.

    Debaixo das tendas brancas «perfilam-se» um monte de cadeiras prontas a acolher aqueles que se deslocarem ao recinto para prestarem tributo a JES.

    Num outro ângulo, é visível a presença de homens e máquinas na terraplanagem, espaço que deverá servir como parque de estacionamento.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Comissões da AN aprovam pedidos de autorização legislativa do PR

    As comissões especializadas da Assembleia Nacional (AN) aprovaram esta terça-feira, em Luanda, os relatórios parecer conjuntos de pedidos de...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema