Segunda-feira, Fevereiro 26, 2024
12.1 C
Lisboa
More

    São Tomé: Governo apela à responsabilidade dos professores face à ameaça de greve

    O ministro da Educação, Cultura e Formação são-tomense, Jorge Bom Jesus, pediu nesta sexta -feira ao Sindicato dos Professores e Educadores de São Tomé e Príncipe (SINPRESTP) “responsabilidade e bom senso” face à ameaça de greve no sector.

    (ABOLA)
    (ABOLA)

    “Eu quero apelar à responsabilidade e ao bom senso. Nós precisamos, de facto, de alguma tranquilidade para podermos continuar a trabalhar, sobretudo ao nível da qualidade da educação e da eficiência ao nível da gestão do sistema”, disse Jorge Bom Jesus, num apelo aos sindicalistas, que entregaram no princípio da semana um pré-aviso de greve e cujo prazo termina nesta sexta – feira.

    O sindicato está a discutir há vários meses com o Governo a implementação de um estatuto da carreira docente, medida que faz parte de um documento reivindicativo, que pede ainda o aumento de salário dos professores e educadores.

    “Nós conseguimos ultrapassar todos, mas há ainda um ponto que constitui, ligamos assim, o pomo de discórdia, em que há ainda desentendimento que é relativamente à impossibilidade de implementação do estatuto da carreira ao mesmo tempo do aumento salarial”, explicou o ministro.

    Jorge Bom Jesus acrescentou que o Orçamento do Estado não contempla verbas para uma tal despesa, sobretudo numa altura em que o Fundo Monetário Internacional (FMI) acaba de recomendar “cautela” na gestão macroeconómica.

    “Nós estamos a dizer que o Orçamento Geral do Estado não comporta esse tremendo esforço financeiro que estão a exigir. Porque só para a implementação do estatuto da carreira, nós precisaríamos de 18 mil milhões de dobras (moeda local), o equivalente a um milhão de dólares norte-americanos”, explicou Bom Jesus.

    “Nós estamos perfeitamente sensíveis e sensibilizados para a causa dos professores, eu próprio sou professor de formação, mas é preciso alguma razoabilidade no sentido de nós podermos fazer aquilo que é possível fazer-se”, acrescentou o titular são-tomense da educação.

    O Governo diz ser possível implementar o estatuto da carreira ainda este ano “de forma faseada” e no próximo ano será analisada a questão do aumento.

    O apelo do ministro ainda não teve reacção do sindicato. (portgalangop.co.ao)

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Estados Unidos e China exploram novas opções de alívio da dívida para os países em desenvolvimento

    Os Estados Unidos e a China estão a discutir novas medidas para evitar uma onda de incumprimentos soberanos nos...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema