Domingo, Março 3, 2024
11.5 C
Lisboa
More

    São Tomé e Príncipe vai aderir ao Tribunal Africano dos Direitos Humanos e dos Povos

    São Tomé e Príncipe vai aderir ao Tribunal Africano dos Direitos Humanos e dos Povos, disse hoje a ministra da Justiça do arquipélago, a qual apelou à adesão “massiva” de todos os Estados Africanos “em benefício da população africana”.
    “Estamos a iniciar os primeiros passos no sentido de oferecer aos cidadãos são-tomenses a possibilidade de quando não considerados ou devidamente acautelados os seus direitos nas instâncias judiciais nacionais, poderem ter acesso a uma outra instância regional, fazendo votos que essa corrente seja bem sucedida ao nível de todo o continente africano”, disse Ilza Amado Vaz.

    A ministra da Justiça, Administração Pública e Direitos Humanos de São Tomé e Príncipe sublinhou que já “foi dado o mandato” ao gabinete dos Direitos Humanos, enquanto ponto focal junto ao Tribunal Africano, para prosseguir com o processo de adesão.

    A ministra admitiu que “esse é um processo longo”, mas assegurou o empenho do país em iniciá-lo.

    “É uma caminhada e há um engajamento tanto dos órgãos do poder judicial, da sociedade civil e que caberá efetivamente ao Governo iniciar o processo para avançar com a ratificação do protocolo”, assegurou Ilza Amado Vaz.

    A governante falava num seminário promovido por uma missão do Tribunal Africano dos Direitos Humanos e dos Povos, chefiada pela presidente da instituição que esteve em São Tomé durante cinco dias para sensibilizar as autoridades nacionais a aderirem ao tribunal.

    O presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) são-tomense, Silva Gomes Cravid, que fez a abertura do seminário, referiu que, dos 55 países africanos, 34 Estados ratificaram o protocolo do Tribunal Africano, mas “apenas oito depositaram a declaração a reconhecer a competência do referido tribunal”.

    Publicidade

    spot_img
    FonteVOA

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Líder da Junta Militar do Chade anuncia candidatura depois do assassinato do líder da oposição

    O líder da Junta Militar do Chade, Mahamat Idriss Deby Itno, anunciou neste sábado, 2, a sua candidatura às...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema