Segunda-feira, Junho 24, 2024
19.8 C
Lisboa
More

    Rui Veloso abre Festival de Jazz

    O músico português Rui Veloso abre hoje, às 21h00, no Cine Atlântico, em Luanda, a série de concertos da terceira edição do Festival Internacional de Jazz de Luanda.
    A actuação de Rui Veloso, que é guitarrista, pianista intérprete e compositor, é aguardada com grande expectativa, sendo um dos principais nomes desta edição do Festival de Jazz.
    Antes do músico português subir ao palco Palanca, a assistência pode desfrutar de música ambiente a cargo do DJ angolano Ricardo Alves, uma das novidades da presente edição. A sua actuação vai decorrer no palco Welwitschia.
    Emmanuel Kanda vai ser o segundo a actuar mas o primeiro “da casa”. O guitarrista, que se estreia num espectáculo de dimensão internacional, canta no palco Welwitschia. Depois está prevista a actuação do músico senegalês Ismael Lô. O ídolo africano, outra das grandes atracções do festival, é o último a actuar no palco Palanca, mas no Welwitschia a primeira noite só encerrará mais tarde, após a actuação dos sul-africanos Liquideep e Black Coffee.
    O espectáculo de amanhã é considerado por muitos apreciadores de jazz como o principal do festival, por associar vozes de renome e experiência nos mesmos palcos. Com início marcado para as 20h00, a noite vai ser marcada pelas actuações de Macy Gray e Spyro Gyra, Banda Maravilha e do sul-africano Jonathan Butler.
    A cabo-verdiana Mayra Andrade, o angolano Kizua Gourgel e o grupo moçambicano Moreira Project são as atracções do palco Welwitschia.
    No domingo, último dia do festival, a noite começa às 19h00, com Yami e Simmons Massini, de Angola, seguindo-se o pianista cubano Gonzalo Rubacalba, os norte-americanos Roy Hargrove e Dee Dee Bridgewater, a sul-africana Sibongile Khumalo e a italiana Roberta Gambarini.

    Seminário musical

    Paralelamente aos concertos, o Festival de Jazz está a realizar, desde ontem, no Elinga Teatro, um programa de seminários para os aspirantes a artistas, que começou com o tema “Motivação, autoria e composição”, apresentado pelo músico angolano radicado em Portugal Yami.
    Para hoje, o programa de seminários reserva, às 10h00, uma comunicação do artista moçambicano Moreira Chonguiça, da Moreira Project, sobre “Composição africana e arranjos”.
    A aprendizagem das técnicas práticas e a compreensão da indústria musical nos dias de hoje são os aspectos sobre os quais incidem os seminários.

    in JA

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    China e União Europeia concordam em manter negociações sobre tarifas de veículos elétricos

    A China e a União Europeia concordaram em iniciar negociações sobre os planos da UE de impor tarifas sobre...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema