Terça-feira, Maio 28, 2024
14.8 C
Lisboa
More

    República Centro-Africana: Cerca de 1.000 mortos em confrontos religiosos

    Rebeldes patrulham Bangui, depois da fuga do Bozizé (AFP)
    Rebeldes patrulham Bangui, depois da fuga do Bozizé (AFP)

    A Amnistia Internacional calcula que cerca de mil pessoas foram mortas na capital da República Centro-Africana, Bangui, por ex-rebeldes muçulmanos há duas semanas para vingar ataques de milícias cristãs.

    O balanço desta organização não-governamental é significativamente mais elevado face ao que foi avançado pela ONU: 450 mortos em Bangui e outros 150 no resto do país.

    Os dois dias de violência foram protagonizados por combatentes do antigo grupo rebelde Seleka depois de milícias cristãs conhecidas como “anti-balaka” terem causado a morte a cerca de 60 muçulmanos em Bangui, de acordo com um comunicado da Amnistia.

    «As forças governamentais, de facto conhecidas como ex-Seleka, retaliaram em grande escala contra os cristãos, num ataque que causou cerca de 1.000 mortos em dois dias e em que foram registadas pilhagens a casas de civis. Mulheres e crianças também foram mortas», acrescenta a mesma nota.

    O relatório da Amnistia Internacional baseia-se numa missão de duas semanas na República Centro Africana, que vive uma situação de caos desde março, quando o Seleka assumiu o poder, derrubando o Governo do Presidente François Bozizé.

    A informação recolhida «não deixa dúvidas de que crimes de guerra e contra a humanidade estão a ser cometidos por todas as partes do conflito», afirmou Christian Mukosa, especialista da Amnistia Internacional na África central.

    A França enviou 1.600 soldados para o país. A Human Rights Watch também divulgou hoje um relatório sobre a situação na República Centro-Africana, em que defende o apoio de outros países à intervenção francesa. (tsf.pt)

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Palestinianos acusam Israel de “massacre” em ataques a deslocados em Rafah

    De acordo com as autoridades do Hamas, pelo menos 45 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas no bombardeamento israelita...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema