Quarta-feira, Fevereiro 21, 2024
19.2 C
Lisboa
More

    Reinaugurada via que liga Benguela a Baía Farta

    ISAAC DOS ANJOS - GOVERNADOR DE BENGUELA (FOTO: ANGOP/ARQUIVO)
    ISAAC DOS ANJOS – GOVERNADOR DE BENGUELA (FOTO: ANGOP/ARQUIVO)

    Após cerca de dois anos, o troço entre a cidade de Benguela e o município da Baía Farta, com 26 quilómetros de extensão, foi totalmente reaberto ao trânsito este sábado, em cerimónia presidida pelo governador da província, Isaac Maria dos Anjos.

    Consignada em Setembro de 2011 à construtora Odebrecht, esta via inicia-se junto à Rotunda do Kalunga, em Benguela, e dirige-se rumo à vila da Baía Farta, sendo um eixo fundamental que liga o Norte ao Sudoeste da província, facilitando a circulação de mercadoria diversa.

    As obras de reabilitação e ampliação do troço entre Benguela e Baía Farta, orçadas em 92 milhões de dólares (9, 2 mil milhões de kwanzas), contemplaram a execução de pontes, passagens hidráulicas, camadas de drenagem de águas pluviais, revestimento asfáltico em cada sentido com duas faixas de rodagem.

    Para aliviar o trânsito no meio do trajecto, quer no sentido ascendente, quer no descendente, foram inseridos dois retornos, sendo um junto aos postos de abastecimento de combustíveis no bairro do Kasseque e outro próximo de duas novas pontes paralelas sobre o rio do Calombutão, para além de uma rotunda no desvio da via em direcção ao município de Caimbambo.

    Paralelamente a esta intervenção, o troço Benguela/Baía Farta beneficiou-se de bermas, separador central, iluminação pública, paragens específicas para autocarros e táxis, passadeiras, adequada sinalização rodoviária vertical e horizontal a fim de se proporcionar maior segurança aos automobilistas e peões.

    Intervindo na ocasião, o governador provincial de Benguela destacou a importância da conclusão da obra e da melhoria das condições de mobilidade na estrada de âmbito nacional.

    Issac Maria dos Anjos apelou para uma maior prudência aos automobilistas como uma forma de se evitar acidentes susceptíveis de causarem vítimas mortais.

    Para o governante, é importante consciencializar as pessoas de que as máquinas (viaturas) matam, daí a necessidade de se cumprir o código de estrada.

    Referiu que apenas este ano as estatísticas já apontam para cerca de 340 mortes resultantes de 1.117 acidentes, razão pela qual pediu aos condutores para não circularem em velocidade excessiva.

    “Está a morrer muita gente na estrada e voltamos a pedir aos jovens para que andem mais devagar e que não tenham pressa”, finalizou.

    A reinauguração do troço foi testemunhada pelo administrador municipal de Benguela, Leopoldo Muhongo, pelo chefe de departamento provincial do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA) em Benguela, Henrique Vitorino, e autoridades tradicionais.

    Quando a via referida esteve em reabilitação os automobilistas eram direccionados em caminhos alternativos para chegar a Benguela, a Baía Farta e a outras localidades, enfrentando engarrafamentos constantes, daí que o restabelecimento da circulação vá tornar o trânsito mais fluido, confortável e seguro. (portalangop.co.ao)

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Angola reafirma compromisso com Programa de Acção de Doha

    Angola reafirmou, esta segunda-feira, na sede das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque, o seu compromisso com...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema