Quinta-feira, Maio 30, 2024
24.3 C
Lisboa
More

    Registo e actualização entram na última etapa

    A direcção do MPLA reuniu-se, ontem, no Complexo Turístico do Futungo II, em Luanda, para analisar a primeira fase do registo e de actualização eleitoral, realizada entre 29 de Julho e 16 de Dezembro.

    Na reunião, presidida por José Eduardo dos Santos, foi avaliada a capacidade do MPLA à entrada da segunda fase do processo de actualização do registo e de actualização dos dados eleitorais, que começa hoje em todas as províncias.

    O encontro também teve o objectivo de definir estratégias que permitam que todos os militantes do partido e das suas organizações sociais actualizem os dados eleitorais na segunda fase. O encontro, realizado à porta fechada, teve a presença dos elementos do secretariado do bureau político, incluindo o vice-presidente do partido, Roberto de Almeida, e o secretário-geral, Julião Mateus Paulo “Dino Matrosse”.

    Também participaram na reunião os coordenadores dos grupos de acompanhamento do bureau político às províncias, os primeiros e segundos secretários provinciais do partido, os directores dos departamentos e gabinetes do comité central, bem como os secretários para os assuntos económicos, políticos eleitorais dos comités provinciais, entre outros quadros ligados ao processo.

    O ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa, e o vice-ministro do mesmo pelouro, Adão de Almeida, participaram na reunião como convidados para descreverem a forma como decorreu a primeira fase do processo de actualização do registo eleitoral em todas as províncias e apresentarem o plano para as próximas etapas.

    Na reunião de ontem, no Complexo do Futungo II, foi apresentada uma informação sobre as comemorações do 55º aniversário da fundação do MPLA, assinalado em 10 de Dezembro, e rendida homenagem aos heróis do massacre da Baixa de Kassanje e ao fundador da Nação, Agostinho Neto.

    Contrariamente ao que titulamos na primeira e terceira páginas da nossa edição de ontem, o número de brigadas que vão agora trabalhar é de meio milhar e não “meio milhão”. Aos leitores, as nossas desculpas.

    Fonte: JA

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    A voz da África precisa de ser ouvida, afirmou o Presidente do Banco Africano de Desenvolvimento

    O Presidente do Banco Africano de Desenvolvimento, Dr. Akinwumi Adesina, disse que o mundo está a mudar e que...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema