Segunda-feira, Maio 20, 2024
13.9 C
Lisboa
More

    Rebeldes violam direitos humanos

    Os rebeldes líbios foram responsáveis por incêndios, pilhagens e abusos de civis durante a ofensiva realizada sobre Tripoli, acusou ontem a ONG Human Rights Watch (HRW).
    Num comunicado, a organização de defesa dos direitos humanos afirma que “testemunhou alguns desses actos, interrogou testemunhas e falou com um comandante rebelde sobre esses abusos”. Segundo a HRW, os abusos ocorreram até à semana passada, no decurso das ofensivas dos rebeldes, a partir das montanhas de Nafusa, no sul de Tripoli.
    “Em quatro cidades ocupadas nas montanhas de Nafusa no último mês, os rebeldes danificaram propriedades, queimaram casas, saquearam hospitais, residências e lojas, e espancaram alguns indivíduos que supostamente apoiavam as forças do governo”, acrescenta o documento.
    “As autoridades rebeldes têm o dever de proteger civis e as suas propriedades, especialmente hospitais, e responsabilizar qualquer pessoa que cometer saques e outros abusos”, disse Joe Stork, membro da HRW.
    As acusações ameaçam minar a imagem dos rebeldes como defensores dos direitos humanos e podem trazer à superfície questões complicadas para os países aliados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), que tem fornecido suporte militar aos rebeldes como parte de uma missão da Organização das Nações Unidas, alegadamente para proteger civis líbios.
    No início do mês, a França admitiu ter fornecido armas aos rebeldes nas montanhas de Nafusa, o que gerou protestos da Rússia e de outros críticos da operação da OTAN no país. O Tribunal Penal Internacional está a investigar alegadas cumplicidade de membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) e da União Africana contra a Líbia, anunciou na terça-feira uma ONG nigeriana. Segundo a organização Projecto para os Direitos Económicos e Responsabilidade (SERAP), o procurador do TPI, Luis Moreno Ocampo, pretende alargar a investigação sobre “a possível cumplicidade dos membros da União Africana e da OTAN nas violações graves dos direitos humanos perpetradas actualmente na Líbia”.

    Fonte: Jornal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Os EUA pretendem remodelar as cadeias de abastecimento globais na Ásia, e a China contorna isso com investimentos em países asiáticos

    Os aumentos tarifários do presidente Joe Biden sobre uma série de importações chinesas são apenas as últimas medidas dos...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema