Sexta-feira, Julho 19, 2024
29.9 C
Lisboa
More

    Produtores utilizam Porto de Maputo para as exportações de óleo alimentar

    Produtores de óleo alimentar a nível mundial estão a usar o Porto de Maputo como porta de acesso aos mercados da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), onde alguns países enfrentam falta de matéria-prima para a sua produção.
    Apesar de possuir pelo menos cinco unidades de refinaria a funcionar, Moçambique continua a depender da importação para suprir grande parte das suas necessidade em óleo alimentar. Recentemente, o terminal de líquidos do Porto de Maputo recebeu mil toneladas de óleo alimentar em bruto proveniente da vizinha África do Sul, em trânsito para a Tanzânia, onde deverá ser refinado e distribuído no mercado local. Fonte da Maputo Corridor Logistics Initiative (MCLI) disse que a carga chegou ao porto da capital transportada em camiões cisternas, numa experiência que poderá ser a primeira de muitas que se esperam para o futuro, tirando proveito das facilidades combinadas geradas pelas infra-estruturas do corredor, nomeadamente a estrada Maputo/Witbank (N4).
    Operado pela firma Maputo Liquids Storage Company (MLSC), o terminal tem capacidade para armazenar 10 mil toneladas de produtos, tendo recentemente sido alvo de beneficiações para possibilitar o abastecimento dos tanques através de camiões, ao mesmo tempo que se criaram facilidades para o embarque do produto para os navios. No caso da mercadoria destinada à Tanzânia, depois de acondicionada nos tanques do terminal, foi embarcada num navio tanque que fez o descarregamento de uma remessa de óleo alimentar em Maputo, destinado a abastecer o mercado nacional.
    Sobre o terminal, Rui Vieira, do Maputo Liquid Storage Company, explicou que o navio tanque é propriedade de uma multinacional com sede em Singapura, a Wilmar International, Ltd, que é uma das grandes produtoras mundiais de óleo alimentar.
    Aliás, segundo a fonte, trata-se da mesma firma que há cerca de 12 anos assegura o fornecimento de óleo alimentar a Moçambique, sendo que só há cinco decidiu criar o terminal no Porto de Maputo, com a perspectiva de reduzir os riscos e custos no seu negócio.

    Fonte: Jornal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Donald Trump provoca polêmica sobre Taiwan

    Donald Trump defenderá Taiwan no caso de uma invasão da China se vencer as eleições de novembro nos Estados...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema