Sexta-feira, Março 1, 2024
15.1 C
Lisboa
More

    Presidente Zuma defende reforço de relações entre África do Sul e Nigéria

    O Presidente sul-africano, Jacob Zuma, declarou que as relações entre a Nigéria e a África do Sul devem ser mais reforçadas para o bem-estar do continente africano.

    Em visita privada ao Estado de Imo, no sudeste da Nigéria, Zuma defendeu igualmente que todos os países africanos devem estar unidos como um único povo para lutar pela causa comum da emancipação política e económica do continente.

    O Presidente Zuma falava depois de ter recebido o Prémio “Imo Merit Award” e assinou domingo um protocolo de entendimento entre a Fundação de Educação Jacob Zuma e a Fundação Rochas College de África.

    “Os Africanos devem unir-se para fazer face aos seus problemas. Formamos um povo único. Não podemos têr êxito se quisermos solucionar os nossos problemas de maneira individual. Devemos reconhecer que formamos um único povo”, sublinhou-se.

    Zuma criticou o assassinato de Africanos pelos Africanos, afirmando que um Sul-africano “não deve matar um Nigeriano e vice-versa”.

    “Faço parte dos que dizem atualmente a verdade, já que, quanto mais coisas falaciosas dizem sobre mim e coisas que não são verídicas, mais obstinado fico nos meus atos. Devido a estas convicções, estou aqui de cabeça erguida e reconhecido como heroi pelas autoridades do Estado de Imo da Nigéria e que por esta recompensa reforçam as minhas convicções e os meus pensamentos que julgo corretos”, disse.

    Ele sugeriu ainda aos países africanos que sigam o exemplo deste tipo de fundações a favor dos menos privilegiados da sociedade e criem fundos especiais para a sua gestão.

    Por seu turno, o governador estadual de Imo, elogiou Zuma como “um grande filho de África”.

    “Falo com um sentimento partilhado para este grande filho de África, que se sacrificou e que foi guiado pelo Senhor durante toda a sua vida até ao estádio em que se encontra atualmente. Para alguns, é um combatente obstinado, mas para outros em África e para mim é um combatente da liberdade, uma das razões pelas quais lhe entrego esta distinção, ele continua a ser uma das pessoas mais incompreendidas do continente”, afirmou o governador Okorocha. (Panapress)

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Inflação na zona euro desce para 2,6%

    Portugal encontra-se a meio da tabela, onde a inflação caiu para os 2,3%. A inflação na zona euro abrandou para...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema