Sábado, Março 2, 2024
11.8 C
Lisboa
More

    Presidente sul-africano apresenta relatório do Mecanismo Paritário na cimeira da UA

    (DR)
    (DR)

    Cidade do Cabo, África do sul  – O Presidente sul-africano, Jacob Zuma, apresentou o terceiro relatório de etapa da África do Sul sobre a execução do Programa de Ação Nacional na XX cimeira do Fórum do Mecanismo Africano de Avaliação Paritária (MAAP) em Addis Abeba, na Etiópia.

    O relatório, apresentado quarta-feira, mostra que a África do Sul fez enormes progressos em vários aspetos, nomeadamente em matéria de desenvolvimento económico, de governação, de segurança social, de saúde e de desenvolvimento infraestrutural durante a última década.

    Compilado por diferentes setores da sociedade, o relatório focaliza-se em quatro domínios temáticos – a democracia e a governação política; a governação e a gestão; a governação empresarial e o desenvolvimento socioeconómico – e indica que a África do Sul é um lugar onde é melhor viver do que em 1994.

    « O relatório sobre democracia e governação política revela que a África do Sul teve melhores resultados em termos de estabilidade política, de civismo e de redução da pobreza no período de 2009 a 2011 », disse o Presidente Zuma.

    Os outros « elementos positivos » durante este período são a organização com êxito das eleições autárquicas em maio de 2012, julgadas livres e justas à semelhana das eleições nacionais de 2009.

    Segundo  o Presidente Zuma, a África do Sul continuou a consolidar os fundammentos duma sólida gestão da economia desde o advento da democracia.

    « Desde o último relatório, o país tomou medidas práticas para encorajar e executar a formação dos responsáveis governamentais na gestão financeira, com instituições tais como o Tesouro Nacional  e o Escritório do Verificador Geral que intensificaram os seus esforços para estabelecer capacidades de gestão financeira sã no seio do setor público », prosseguiu.

    O MAAP foi criado em 2003 no quadro da Nova Parceria para o Desenvolvimento de África (NEPAD). A adesão dos Estados-membros da União Africana (UA) é voluntária.

    Atualmente, 33 Estados-membros da UA participam no MAAP, que tem como mandato velar por que as políticas e as práticas dos Estados participantes estejam conformes aos valores de governação política, económica e empresarial, bem como aos códigos e às normas de democracia, de governação política, económica e empresarial previstos na  Declaração de Abuja de 2003 sobre a Democracia, Governação Política, Económica e  Empresarial. (panapress.com)

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    PGR realça empenho no combate à criminalidade económico-financeira

    O Procurador-Geral da República (PGR), Hélder Pitta Groz, sublinhou esta sexta-feira, em Luanda, que o esforço e empenho da...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema