Segunda-feira, Abril 15, 2024
18.5 C
Lisboa
More

    Presidente do TS concede audiência ao embaixador de Moçambique

    Juiz presidente do Tribunal Supremo (TS), Cristiano André ( à dir.), recebe embaixador de Moçambique

    Luanda – O venerando juiz presidente do Tribunal Supremo (TS), Cristiano André, recebeu hoje, segunda-feira, em Luanda, o embaixador de Moçambique, António Matonse, que apresentou cumprimentos de despedida do fim da sua missão diplomática no país.

    No final da audiência, ao falar à imprensa, Cristiano André disse que durante o encontro passaram em revista, de forma sucinta, as diversas etapas pelas quais as instituições da justiça de Angola e Moçambique passaram.
    Segundo o magistrado judicial, foram ainda recordados momentos altos da relação existente entre os dois países, destacando-se muito particularmente o que realizaram no domínio da justiça.
    Nesse âmbito, disse, a tónica foi maior na medida em que trataram de olhar para o que foram os encontros, as visitas das entidades moçambicanas ligadas à justiça a Angola e vice-versa.
    Do mesmo modo, lembrou, tiveram também uma visita muito recente do procurador-geral da República de Moçambique ao país, com o qual foram abordadas várias questões no domínio do judiciário.
    No prosseguimento, Cristiano André não deixou de frisar que a cooperação no domínio da justiça tem se vindo a cumprir, uma vez que registam a presença, no país, de magistrados moçambicanos para fazer intervenções no Instituto Nacional de Estudos Judiciários (INEJ), como tiveram também em Moçambique magistrados angolanos que foram frequentar cursos e outras acções no domínio da formação.
    Nessa perspectiva, afirmou, que tais etapas representam um bom momento a nível das instituições judiciais de ambos os países.
    Assim sendo, frisou, Moçambique com relação a Angola tem o cruzamento de boa informação, que é suficientemente vantajosa, na mediada em que têm vindo a marcar passos, mais ou menos de forma paralela, e o estabelecido naquilo que são as suas escolas, a formação, dá um elemento substancial a importância para aquilo que em termos de futuro médio podem realizar.
    Relativamente à relação entre os tribunais supremos de Angola e de Moçambique, disse que nesta parte têm encontrado um diálogo profícuo.
    Lembrou que, na visita que a delegação angolana do TS efectuou, em 2007, àquele país, mostrou que na verdade estão em condições de poder prosseguir e ao mesmo tempo congregar outros países como a Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe.
    Por seu turno, o embaixador de Moçambique, em fim de missão, António Matonse, disse que o momento foi aproveitado para lembrar alguns marcos importantes do relacionamento entre os dois países, particularmente no domínio dos tribunais supremos.
    No decorrer do diálogo, referiu, constataram que a relação, ao longo dos oito anos no exercício de funções, foi sustentada por uma grande proximidade entre os venerandos juízes presidentes dos Tribunais Supremos de Angola e Moçambique e também por um grande desejo de cooperação.
    Tal vontade, referiu, traduziu-se na troca de visitas, informações, formação e concertação de posições internacionais.
    A ocasião, disse, foi aproveitada também para agradecer a colaboração do presidente do TS pela amabilidade que teve em colaborar consigo e com a embaixada de Moçambique na prossecução da cooperação.
    Com o mesmo propósito, António Matonse foi recebido, hoje, segunda-feira, pelo presidente do Tribunal de Contas, Julião António.
    Na ocasião foi aberto um encontro de delegações de trabalho dos Tribunais de Contas de Angola e de Moçambique, com o propósito de analisarem os principais desafios que África enfrenta nesse domínio.
    Fonte: Angop
    Fotografia: Angop

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Analistas avaliam preço do petróleo após ataque do Irão a Israel

    Os futuros do petróleo quase não foram afetados pelo ataque sem precedentes do Irão a Israel, com os traders...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema