Terça-feira, Abril 16, 2024
14.1 C
Lisboa
More

    Presidente da República chega à província do Bengo

    O Presidente da República, João Lourenço, já se encontra na cidade de Caxito, província do Bengo, para uma jornada de trabalho de algumas horas, que inclui a inauguração do novo Hospital Geral da localidade.

    O estadista angolano, que chegou a Caxito por volta das 9 horas, foi recebido pela governadora provincial Maria Antónia Nelumba, por membros do governo local, autoridades tradicionais, eclesiásticas e população, em geral.

    O seu programa abarca também a inauguração da primeira fase da centralidade de Caxito e uma visita à Feira de Potencialidades Económicas da região.

    Antes, o Presidente da República, acompanhado dos integrantes da sua comitiva, vai reunir-se com os membros do governo provincial, para avaliar o estado geral do território.

    No encontro com o Chefe de Estado, a governadora Maria Antónia Nelumba vai expor a situação de desenvolvimento económico e social da província, com realce para os projectos ligados à saúde, à educação e às vias de comunicação.

    O regresso do Titular do Poder Executivo a Luanda está previsto para o fim da tarde desta segunda-feira.

    A última visita do Presidente João Lourenço ao Bengo ocorreu em Julho de 2022.

    Caracterização da região

    Situada no norte de Angola, a província do Bengo tem como capital a cidade de Caxito, no município do Dande, e é a que mais próxima se situa de Luanda.

    Com 429.322 habitantes distribuídos em 31.371 km², a província é composta por seis municípios, nomeadamente, Ambriz, Bula Atumba, Dande, Dembos, Nambuangongo e Pango Aluquém.

    O Bengo passou a categoria de província no dia 26 de Abril de 1980, por desagregação da província de Luanda.

    Em 2011, a Assembleia Nacional aprovou a Lei 29/11, de 1 Setembro, que desanexou os municípios de Ícolo Bengo e Quissama do Bengo e passaram a pertencer à província de Luanda.

    O Bengo destaca-se principalmente no cultivo da Banana e também está a garantir ao país a exportação de banana para a República Democrática do Congo (RDC) e a Namíbia.

    Até ao momento, mais de 120 toneladas foram exportadas para a RDC pela empresa Agrolider.

    O Bengo disponibiliza para o mercado, principalmente o de Luanda, mais de 1,1 milhão de toneladas/ano de banana de mesa, segundo dados de 2022, disponibilizados pela direcção provincial da agricultura.

    Na província, além de produções familiares bastante fortes, estão activas três das maiores empresas do país na produção da banana, nomeadamente, Novagrolíder, Turiagro Vida Fresh, esta instalada recentemente.DC/VM

    Publicidade

    spot_img
    FonteANGOP

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Depois da Secretária do Tesouro dos EUA, Chanceler Alemão chega à China com a missão de reduzir as tensões económicas

    O chanceler alemão, Olaf Scholz, levará uma mensagem delicada à China esta semana: Pequim ainda não agiu de acordo...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema