Sábado, Março 2, 2024
13.7 C
Lisboa
More

    Potencialidades hídricas estimulam crescimento do sector industrial de Kambambe

    Dondo – As potencialidades hídricas do município de Kambambe, província do Kwanza Norte, são apontadas pelas autoridades locais como principais factores que estão a estimular o ministério da Indústria a promover o ressurgimento do pólo industrial da circunscrição por via da construção de 79 deferentes fábricas ainda no decurso do presente ano.
    A informação foi avançada hoje à Angop, no Dondo, pelo administrador municipal adjunto de Kambambe, Francisco Manuel Diogo, assegurando que a circunscrição detém já uma reserva fundiária de cerca de cinco quilómetros destinada a acolher indústrias de médio e grande porte.
    Isto, acrescentou, no quadro do programa governamental do fomento industrial, sendo que a primeira fase do projecto poderá arrancar ainda no decurso do segundo semestre do ano em curso.
    Para a concretização do referido desiderato, explicou, foram já cumpridos todos os pressupostos técnicos e administrativos, quer da parte do governo do Kwanza Norte, como do ministério da Indústria, restando apenas a administração de Kambambe na criação de espaços para a construção dos estaleiros das empresas seleccionadas para o efeito.
    A par deste investimento de parceria público-privada, decorre o processo de reabilitação, ampliação e modernização do antigo complexo têxtil comandante Bula (Ex- Satec), que se encontra em fase de desactivação dos seus antigos equipamentos, a cargo de uma empresa japonesa, a quem foi adjudicada a empreitada, que passará da produção de tecidos a que esteve vocacionada, para a sua transformação em diversos artigos de origem têxtil.
    Estas intervenções, de acordo ainda com Francisco Diogo, reflectem as potencialidades do município de Kambambe, caracterizadas pela barragem de Kambambe e o curso do rio Kwanza que delimita a cidade do Dondo, a escassos quilómetros da zona projectada para o pólo industrial, a partir do quilómetro treze, adjacente a estrada nacional 230, até ao miradouro do Kiombe, em direcção à vila histórica comuna de Massangano.
    Face a implantação destas indústrias, prosseguiu, o município poderá ver diminuída em larga escala o índice de desemprego que afecta grande parte dos jovens da região.
    De acordo ainda com o governante, com estes investimentos, o município de Kambambe poderá alcançar outros níveis da sua classificação quanto a industrialização, a semelhança do passado em que foi o 4º parque industrial de Angola até a década de 80, a par de Luanda, Huambo e Benguela.
    Estas potencialidades são conhecidas pela instalação da barragem hidroeléctrica de Kambambe e a cervejeira Eka, que ainda laboram a cem porcento, assim como a sociedade vinícola de Angola “Vinelo”, a sociedade algodoeira do Ambriz “Algodoeira”, a fábrica de materiais de construção “pré-blocos”, associadas aos inúmeros campos agrícolas de grande porte que exportavam produtos para América e Europa.
    Fonte: Angop

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    PGR realça empenho no combate à criminalidade económico-financeira

    O Procurador-Geral da República (PGR), Hélder Pitta Groz, sublinhou esta sexta-feira, em Luanda, que o esforço e empenho da...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema