Segunda-feira, Julho 15, 2024
19.6 C
Lisboa
More

    Polícia Nacional registou 237 crimes na passagem de ano

    A Polícia Nacional registou, entre 31 de Dezembro de 2011 e 1 de Janeiro, 237 crimes diversos, mais 12 comparativamente a igual período do ano transacto, de que resultaram a detenção de 226 cidadãos.

    Os dados, referentes a todo país e revelados pelo segundo comandante-geral da corporação, comissáriochefe Paulo de Almeida, avançam que 205 crimes foram esclarecidos, correspondendo a operatividade de 86 porcento.

    Luanda, a capital do país, liderou as estatísticas criminais com 33 delitos (menos 24 em relação ao período anterior), seguindo-se as províncias do Huambo, com 23 crimes (+9), Benguela e Huíla, 23 cada, (-3) igualmente.

    Quanto às ocorrências relevantes, Paulo de Almeida referiu quatro homicídios voluntários, resultantes de disparo de arma de fogo, espancamento e uso de arma branca, ocorridos nas províncias de Luanda (três casos) e Namibe (um).

    A corporação registou ainda dois homicídios involuntários, por asfixia ocorridos nas províncias de Luanda e Huambo, vitimando dois menores, ambos de um mês de vida, praticados pelas respectivas progenitoras, por estado de embriagues.

    Do balanço policial da passagem de ano destacam-se ainda 12 violações, mais três em relação ao período anterior, das quais quatro a menores de dois, quatro, 12 e 13 anos de idade, em Luanda (3), Huambo (2), Namibe (2), Benguela, Huíla, Kwanza Sul e Zaire, com um caso cada.

    A corporação realizou microoperações nas províncias de Luanda e Malanje, tendo sido detidos 54 elementos, implicados em diversos delitos.

    Nesta actividade, apreendeu 10 armas de fogo do tipo AKM, 28 motorizadas, 4.506 quilogramas de estupefaciente (liamba), dois gramas de cocaína, um fio de ouro, 38 mil Kwanzas, em notas, bem como procedeu a destruição de uma lavra, com 81 plantas de estupefaciente na província de Malanje.

    No período em referência, a Polícia empreendeu ainda 15 acções de inspecção e fiscalização a diversos estabelecimentos comerciais, tendo sido detectadas 30 infracções, das quais 21 de contravenção e nove criminais.

    Foram registadas quatro tentativas de violação de fronteira, tendo sido detidos 26 estrangeiros, maioritariamente da RDCongo, nas províncias da Lunda Norte, Cabinda e Cunene.

    A Polícia Nacional assegurou ainda a 56ª Edição da Corrida São Silvestre, os locais de lançamento de fogo de artifício, festas e bailes de reveillon, bem como os locais de realização de actividades religiosas.

    Por outro lado, o terminal 113 registou 15 mil 318 chamadas telefónicas, das quais 705 consideradas de interesse policial e 14 mil 613 sem qualquer interesse. Já o terminal 115 tocou 33 vezes, denúncias todas de interesse operacional.

    Segundo o comissário-chefe Paulo de Almeida, o empenho das forças nesta actividade, conforme plano operacional concebido, foi satisfatório e correspondeu às expectativas, quer da direcção do Ministério do Interior, quer da sociedade em geral.

    No total, estiveram engajados 82 mil 847 efectivos, apoiados em mil e 877 viaturas, 344 motos, 22 lanchas, oito helicópteros e 14 canídeos.

    Fonte: O PAÍS

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Trump é retirado de comício na Pensilvânia após disparos

    O ex-presidente americano Donald Trump, candidato à reeleição, foi retirado do palco neste sábado durante um comício na Pensilvânia,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema