Segunda-feira, Fevereiro 26, 2024
12.1 C
Lisboa
More

    PND prevê implantação do sistema nacional de museus

    A implementação do sistema nacional de museus consta entre as acções a serem desenvolvidas pelo Executivo, no sector da Cultura, com a execução do Plano Nacional de Desenvolvimento (PND) até 2017.

    fachada do Museu nacional de Antropologia (Foto: Pedro Parente)
    fachada do Museu nacional de Antropologia (Foto: Pedro Parente)

    Segundo dados obtidos através do PND, a intenção do Executivo Angolano é promover a valorização, a preservação e a fruição do património cultural angolano, considerado como um dos dispositivos de inclusão social e cidadania, por meio do desenvolvimento e da revitalização das instituições museológicas existentes, fomentar a criatividade para o surgimento de novos processos de produção e de conservação de memórias de diversidade social, étnica e cultural do país.

    Entre os objectivos consta ainda o asseguramento da democratização e acesso aos bens culturais, promoção da formação e capacitação de recursos humanos, assegurar a modernização de infra-estruturas museológicas e a informatização de museus.

    O Executivo pretende também publicar o Estatuto Geral dos Museus e a Lei Quadro dos Museus e promover a aquisição e gestão de acervos museológicos.

    O PND para 2013-2017 inicia um novo ciclo da história e experiência do sistema de planeamento de Angola.

    É o primeiro plano de médio prazo elaborado no quadro da nova Constituição do País e após a aprovação da Lei de Bases Gerais do Sistema Nacional de Planeamento.

    O plano abrange também um período de grande importância para o futuro do País. Situa-se no meio-percurso da Estratégia Nacional de Desenvolvimento de Longo Prazo “Angola 2025”.

    Esta valorização assenta, em primeiro lugar, na alfabetização e escolarização de todo o Povo Angolano, que são a base para a formação e qualificação técnico-profissional e formação superior dos seus quadros essenciais ao desenvolvimento sustentável, equitativo e pujante de Angola.

    O Executivo pretende que o PND 2013-2017 seja o veículo principal que, à luz da Estratégia Angola 2025, oriente e intensifique o ritmo e a qualidade do desenvolvimento em direcção ao rumo fixado: aumentar a qualidade de vida do povo angolano de Cabinda ao Cunene, transformando a riqueza potencial que constituem os recursos naturais de Angola em riqueza real e tangível dos angolanos.

    “Estabilidade, Crescimento e Emprego” constitui a ideia-força do PND 2013-2017.

    O PND 2013-2017 será igualmente o instrumento essencial para que o crescimento da economia angolana seja essencialmente suportado na diversificação da estrutura económica nacional. (portalangop.co.ao)

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Estados Unidos e China exploram novas opções de alívio da dívida para os países em desenvolvimento

    Os Estados Unidos e a China estão a discutir novas medidas para evitar uma onda de incumprimentos soberanos nos...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema