Segunda-feira, Maio 20, 2024
13.9 C
Lisboa
More

    Petrobras faz exploração

    A ministra francesa da Economia e Finanças, Christine Lagarde, foi oficialmente confirmada, na terça-feira, pelo Conselho de Administração, como directora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI).
    Momentos antes, o secretário norte-americano do Tesouro, Timothy Geithner, anunciara que os Estados Unidos apoiavam a sua candidatura.
    O anúncio surgiu pouco depois do ministro russo das Finanças, Alexei Kudrine, também ter revelado que o seu país apoiava Lagarde e um dia após a China ter feito o mesmo.
    Lagarde e o governador do Banco Central do México, Agustín Carstens, eram os únicos candidatos ao cargo deixado vago por Dominique Strauss-Kahn, que se demitiu ao ser acusado, nos Estados Unidos, de agressão sexual contra uma empregada de um hotel de Nova Iorque.
    O sistema de votação proporcional do FMI é determinado pelo número de quotas que cada país dispõe, tendo em conta principalmente o volume de recursos que coloca no Fundo.
    Os Estados Unidos têm cerca de 17 por cento dos votos e os países europeus, incluindo os nórdicos, entre 40 e 47 por cento.

    Fonte: Jornal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Os EUA pretendem remodelar as cadeias de abastecimento globais na Ásia, e a China contorna isso com investimentos em países asiáticos

    Os aumentos tarifários do presidente Joe Biden sobre uma série de importações chinesas são apenas as últimas medidas dos...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema