Terça-feira, Março 5, 2024
10.7 C
Lisboa
More

    Peritos preparam em Luanda estratégia para eliminar a tuberculose na região

    Peritos da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) começaram a preparar ontem, em Luanda, a estratégia para a eliminação da tuberculose na região.
    Durante dois dias, os especialistas vão definir a agenda da reunião ministerial que engloba os sectores da Saúde, Minas e Trabalho da SADC, prevista para o dia 26 de Abril, no Centro de Convenções de Talatona.
    “Dentre os vários aspectos, pretendemos trabalhar no projecto da Declaração sobre a Tuberculose nas Minas, que continua a ser um sério problema na região da SADC, onde o sector mineiro alimenta a maior fonte desta epidemia”, disse ao Jornal de Angola a coordenadora do Projecto Nacional de Tuberculose, Maria da Conceição Palma.
    A coordenadora revelou que a tuberculose no sector mineiro em Angola ainda não é muito preocupante, porque “as nossas minas têm a particularidade de estarem a céu aberto”. “Mas, com o desenvolvimento do país e o avanço na exploração mineira, teremos minas fechadas, prevendo-se, por isso, que o problema se torne preocupante, por a exploração mineira em local fechado oferecer maior risco para a contaminação da tuberculose e das suas doenças associadas”, sublinhou Maria da Conceição Palma.
    Na reunião de peritos está ser analisada a declaração final que propõe a promoção de políticas ambientais, o fortalecimento das intervenções programáticas e do sistema de vigilância, para além do reforço das condições de vida dos mineiros e do financiamento de acções de combate à tuberculose neste sector.
    Da agenda consta ainda a assinatura de um memorando de entendimento para a criação de laboratórios supranacionais e centros regionais de referência.
    A médica Guilhermina Nascimento apontou as províncias da Lunda-Norte e Sul como as áreas mais propensas ao contágio da tuberculose, devido ao exercício da actividade mineira. “Esta doença está associada às péssimas condições de vida, desde a desnutrição ao alcoolismo, ou seja, à pobreza de um modo geral. Nestas zonas existe uma grande dispersão de poeira, que possui um conteúdo de dióxido de cilício que danifica o pulmão”, disse a médica.

    A África do Sul é apontada como o país mais afectado na região. De acordo com as estatísticas, em 2010, em cada 100 mil habitantes no Mundo 300 estavam infectados com tuberculose.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Emirados Árabes Unidos convocarão uma reunião sobre financiamento climático em preparação para a COP29

    Os Emirados Árabes Unidos reunirão representantes dos países e líderes de instituições financeiras globais numa reunião especial em junho,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema