Terça-feira, Julho 23, 2024
29.9 C
Lisboa
More

    Nova fase do programa Crédito Jovem arranca com meio milhão de dólares

    A segunda fase do Programa “Crédito Jovem” na Huíla começa, em Fevereiro, com um pacote disponível de 540 mil dólares, revelou, ontem, no Lubango, o secretário para a informação e associativismo do conselho provincial da Juventude.
    Bernardino Gabriel disse que o programa conta com um remanescente de 340 mil dólares da primeira fase, decorrida de 2008 até 2011, e 200 mil adicionais aprovados pelo Banco Poupança e Crédito (BPC) para esta etapa.
    A iniciativa do Ministério da Juventude e Desportos em parceria com o BPC, afirmou, abrange jovens associados em cooperativas nos sectores das pescas, agropecuária, comércio e prestação de serviços de construção civil, serralharia, mecânica, electricidade.
    Cada cooperativa, constituída por cinco jovens, referiu, pode receber créditos entre oito e 12 mil dólares para dinamizar pequenos negócios e promover o auto emprego.
    O comité técnico provincial de avaliação das iniciativas de jovens empreendedores, frisou, está preparado para a recepção de propostas de candidatos aos empréstimos.
    O comité técnico é constituído por representantes da direcção provincial de Juventude e Desportos, banco BPC, Conselho provincial da juventude, direcção da Administração Pública, Emprego e Segurança Social e a empresa SINFIC.
    O secretário para a informação e associativismo lamentou que alguns jovens que beneficiaram de crédito entre 2008 a 2011 não tenham cumprido os compromissos assumidos.

    Das 60 cooperativas beneficiadas, disse, apenas 20 estão a fazer os depósitos regulares do valor de reembolso.
    Bernardino Gabriel declarou que uma avaliação feita com as agremiações juvenis revela que há falta de acompanhamento das associações e dos elementos da comissão técnica e que essa é uma das causas para falta dos reembolsos.
    Para acautelar situações do género, anunciou, a comissão técnica vai passar a visitar as cooperativas de jovens credores.
    O conselho provincial da Juventude, disse, mantém o diálogo constante com os jovens sobre a importância de cumprirem os compromissos assumidos.
    “O crédito abrange toda a província. As associações não acompanham de perto os filiados e, isso, além de dificultar o trabalho da comissão técnica, impede o alargamento do programa a outras localidades e jovens empreendedores”, lamentou.
    O sec retário para a informação e  associativismo do  conselho provincial da juventude na Huíla recordou que a iniciativa de financiamento é aberta a todas as agremiações de caracter juvenil legalizadas e que o conselho realiza actividades que que vão além da concessão de crédito, envolvendo também acções de educação patriótica, prevenção rodoviária, educação moral e cívica, combate a grandes endemias, contra a criminalidade, assim como de desencorajamento ao consumo de álcool e de drogas.

     

    Fonte: Jornal de Angola

     

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    EUA: Onde Kamala Harris se posiciona em relação às alterações climáticas e porque é que isto a torna vulnerável aos ataques de Trump

    A retirada de Joe Biden da corrida presidencial de 2024 — cedendo a semanas de pressão após um debate...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema