Domingo, Março 3, 2024
9.8 C
Lisboa
More

    Nó de ligação Samba: Executivo vai gastar mais 7,7 milhões de dólares

    O Chefe de Estado aprovou uma adenda ao contrato de empreitada para a reformulação do nó de ligação Samba – Avenida Pedro de Castro Van-Dúnem ‘Loy’ com a empresa Tecnovia, no valor de 7,7 milhões de dólares norte-americanos, obra que já tinha justificado a despesa e consequente financiamento de dois empréstimos – um em kwanzas, de 9 mil milhões, e outro em dólares, de 32,5 milhões.

    No decreto presidencial mais recente (29/22), lê-se que a adenda é aprovada devido à “necessidade de se efectuarem trabalhos a mais à referida empreitada para além dos inicialmente previstos, sendo estes estritamente necessários à conclusão definitiva nos prazos estabelecidos contratualmente”.

    O Governo previa, em Fevereiro de 2019, que o prazo de execução destas obras seria de dois anos, o que indicava que estariam concluídas no primeiro trimestre de 2021.

    Ao Ministro das Obras Públicas e Ordenamento do Território é delegada competência, com a faculdade de subdelegar, para a formalização da adenda ao contrato de empreitada, incluindo a sua assinatura, enquanto à ministra das Finanças cabe assegurar os recursos financeiros necessários à sua execução.

    A obra é da responsabilidade da Tecnovia Angola, que na sua página oficial na internet, consultada pelo Novo Jornal em 2019, afirmava que este projecto “procura dar resposta às necessidades de mobilidade urbana da população de Luanda, cidade que cresce em média duas vezes mais do que qualquer outra cidade de Angola, contando atualmente com 27% do total de 29,25 milhões da população angolana”.

    A empresa promete transformar o nó da Samba/Av. Pedro de Castro Van-Dúnem Loy numa moderna infraestrutura de transporte.

    Segundo a Tecnovia, a solução adoptada para a reformulação do nó de ligação entre a estrada da Samba e a Avenida Van-Dúnem, consiste no desnivelamento inferior da Avenida Van-Dúnem e pela construção de uma rotunda de nível, com grande raio de curvatura.

    “A Avenida Van-Dúnem Loy será desnivelada no tráfego de continuidade através da construção de dois túneis independentes, acedidos por rampas, com duas vias de circulação por sentido, permitindo uma elevada fluidez do tráfego de continuidade e descongestionar o nó de ligação entre diversas vias, referia a empresa.

    No mesmo texto explicativo lia-se que “na zona da rotunda, as trincheiras serão tapadas de forma a permitir implantar uma rotunda, à cota do terreno atual, de raio exterior de 40m e três vias de circulação que permite interligar de nível não só a estrada de Samba, como também a avenida Van-Dúnem Loy que possuirá vias dedicadas de acesso à rotunda”.

    “Na Estrada da Samba será reservado um corredor central, com 10m de largura livre, para futuro sistema de transporte colectivo público, metro, comboio de superfície ou outro aplicável ao desenvolvimento da cidade”, é ainda explicado no site.

    “O projecto reúne várias especialidades da Tecnovia Angola, numa infra-estrutura de transporte moderna, projectada para o futuro, orientada para a mobilidade e desenvolvimento da cidade de Luanda”, conclui a explicação.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Líder da Junta Militar do Chade anuncia candidatura depois do assassinato do líder da oposição

    O líder da Junta Militar do Chade, Mahamat Idriss Deby Itno, anunciou neste sábado, 2, a sua candidatura às...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema