Segunda-feira, Julho 15, 2024
20.2 C
Lisboa
More

    Netanyahu diz que lutará contra quaisquer sanções impostas ao exército israelita

    EUA estudam sanções a unidade israelita de soldados ultra ortodoxos acusada de responsabilidade na morte de um palestiniano-americano de 80 anos de idade

    O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, disse no domingo que lutará contra sanções impostas a qualquer unidade militar israelita.

    Netanyahu reagia a notícias de que Washington estaria a planear impor sanções contra um batalhão israelita por supostas violações de direitos.

    No sábado, o site de notícias Axios informou que Washington estava a planear impôr sanções ao batalhão israelita Netzah Yehuda que opera na Cisjordânia.

    Essa unidade de cerca de 1.000 homens é formada por soldados ultra ortodoxos da religião judaica conhecidos por Haredi e que está estacionada há vários anos na margem ocidental do rio Jordão, Cisjordânia.

    O Departamento de Estado americano tinha anteriormente requisitado à sua embaixada em Israel um relatório sober as atividades do batalhão na sequência de alegações de abusos de palestinianos e do seu envolvimento na morte de Omar Assad um palestiniano-americano de 80 anos de idade morto em Janeiro de 2022.

    Na sequência deste incidente as autoridades militares israelitas disseram que a unidade iria ser transferida para os Montes Golan.

    “Se alguém pensa que pode impor sanções a uma unidade das FDI (Forças de Defesa de Israel), eu lutarei contra isso com todas as minhas forças”, disse Netanyahu em comunicado.

    Os militares israelitas disseram que o batalhão Netzah Yehuda é uma unidade de combate ativa que opera de acordo com os princípios do direito internacional, acrescentando não ter conhecimento de quaisquer medidas tomadas.

    Um porta-voz disse que se for tomada uma decisão nesse sentido “ela será revista”.

    “As Forças de Defesa de Israel trabalham e continuarão a trabalhar para investigar qualquer evento incomum de maneira prática e de acordo com a lei”, disseram os militares.

    Publicidade

    spot_img
    FonteVOA

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Trump é retirado de comício na Pensilvânia após disparos

    O ex-presidente americano Donald Trump, candidato à reeleição, foi retirado do palco neste sábado durante um comício na Pensilvânia,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema