Quarta-feira, Julho 24, 2024
30.8 C
Lisboa
More

    Na véspera de visita de credores, Grécia tem greves e protestos

    A Grécia enfrenta um novo dia de protestos e mobilização social contra as medidas de austeridade que provocaram demissões e redução de salários. O alemão Horst Reichenbach, chefe da força-tarefa para auxiliar o governo grego a controlar o seu déficit, iniciou uma visita de três dias ao país, ainda ameaçado de falência.

    A mídia grega vai ficar paralisada por 48 horas para protestar contra os baixos salários e as demissões no setor, além do fechamento de veículos de comunicação. A greve dos jornalistas ocorre ao mesmo tempo em que os funcionários do metrô e dos bancos de Atenas decidiram parar os serviços. Hoje, no final do dia, diversas categorias profissionais vão participar de um protesto, na capital, contra as medidas de austeridade adotadas pelo governo grego para tirar o país de uma das crises mais graves da sua história.

    As paralisações acontecem às vésperas da chegada dos representantes da chamada “troika”, formada pelos principais credores do país: a Comissão Europeia, o Banco Central Europeu e o FMI. A missão vai avaliar se os gregos estão cumprindo as reformas que foram acertadas quando foi aprovado o segundo plano de ajuda financeira para o país, no valor de 130 bilhões de euros, que deve ser liberado nas próximas semanas.

    O alemão Horst Reichenbach, chefe da missão e encarregado de aconselhar Atenas na gestão da crise da dívida grega, chega hoje ao país para preparar a visita da troika.

    Tudo isso ocorre em um momento de plena incerteza sobre o acordo entre o governo grego e os seus credores privados, já que em março o país deve pagar 14 bilhões e meio de euros de empréstimos realizados no passado, junto ao setor privado, e agora não consegue renegociar as condições deste reembolso. As negociações com os bancos foram suspensas na sexta-feira por divergências quanto à parcela que deve ser liquidada agora e a possibilidade de troca da dívida por novas obrigações. O diálogo deve ser retomado amanhã.

    A situação complicada da Grécia tem elevado os temores de que o país esteja, mais do nunca, prestes a decretar falência.
    Fonte: RFI

    Foto: REUTERS/John Kolesidis

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    EUA: Onde Kamala Harris se posiciona em relação às alterações climáticas e porque é que isto a torna vulnerável aos ataques de Trump

    A retirada de Joe Biden da corrida presidencial de 2024 — cedendo a semanas de pressão após um debate...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema