Domingo, Maio 26, 2024
17.1 C
Lisboa
More

    MPLA reafirma compromisso na luta pelo desenvolvimento

    O Presidente do MPLA, João Lourenço, apontou este sabado, em Luanda, como grande desafio do partido para 2024 o desenvolvimento sócio-económico do país, tendo em vista o bem-estar das populações.

    O lider do partido no poder, que falava durante o lançamento da agenda política de 2024 desta formação política, defendeu maior organização interna, bem como a necessidade de organizar melhor a economia nacional, única forma de garantir o desenvolvimento económico e social.

    Segundo João Lourenço, há um conjunto de passos a dar para atingir-se esse objectivo, sendo um deles, que considera muito importante e a ser feito, a criação de um melhor ambiente de negócios, para a economia ser mais forte e consiga produzir mais bens e serviços, bem como oferecer maior número de emprego para os angolanos, em particular para os jovens.

    Disse haver muito trabalho por realizar internamente, devendo-se prestar atenção particular à preparação dos militantes, mas sobretudo dos quadros, face aos desafios actuais e futuros, bem como a ligação do partido com a sociedade civil.

    Sublinhou que o MPLA está a trabalhar e sempre trabalhou pelo bem-estar dos angolanos.

    Para o também Presidente da República, não se pode contar apenas com quem é do MPLA, mas trabalhar com todos os cidadãos patriotas, que juntamente com o partido, queiram contribuir para que o país vença os enúmeros desafios, independemente da opção partidária.

    “Ao longo do ano, podemos fazer muitos comícios a vários níveis nas sedes capitais de províncias, nos munícipios, mas se não fizermos o trabalho de casa, de organização interna do partido, de sabermos quantos somos, com quem podemos contar na hora da verdade, isso pode nos custar caro”, frisou.

    João Lourenço fez ainda referência a outros temas como a divisão política administrativa, autarquias locais, assim como apontou a necessidade de o MPLA prestar particular atenção à comunidade angolana no estrangeiro, estar mais próxima, independentemente do trabalho que o Estado deve fazer junto delas.

    Realizado na comuna do Camama, município de Belas, o acto foi marcado por um espectaculo músico-cultural, no qual participaram vários grupos e cantores da capital, com realce para Dom Caetano, Calabeto, Carlos Lamartine, Zeca Moreno e Yola Semedo. VC/VIC

    Publicidade

    spot_img
    FonteAngop

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Anora de Sean Baker vence Palma de Ouro em Cannes. Miguel Gomes recebe Melhor Realização com Grand Tour

    O realizador norte-americano recebeu o prémio de Melhor Filme no Festival de Cinema de Cannes pelo qual "trabalhou toda...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema