Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024
16.9 C
Lisboa
More

    Moody’s reduz perspetiva de crédito da China para negativa devido ao aumento da dívida

    A Moody’s Investors Service reduziu a sua perspetiva para os títulos soberanos chineses para negativa, ressaltando as crescentes preocupações globais sobre o nível de dívida na segunda maior economia.

    A Moody’s reduziu a sua perspectiva de estável para negativa, mantendo ao mesmo tempo uma classificação de longo prazo de A1 para os títulos soberanos do país, de acordo com um comunicado. O uso de estímulos fiscais pela China para apoiar os governos locais e a sua crescente crise imobiliária estão a representar riscos para a economia do país, disse a Moody’s.

    O governo chinês reagiu logo após o anúncio da mudança de perspetiva, dizendo que estava “desapontado” com a decisão da Moody’s e que a economia do país “será altamente resiliente e terá um grande potencial”. O impacto da crise imobiliária está bem controlado, afirmou o Ministério das Finanças da China num comunicado.

    A China Chengxin International Credit Rating Co., uma das principais agências de classificação de risco nacionais, disse que a perspetiva para o crédito soberano do país era estável, acrescentando que o governo tem “amplo” espaço para controlar o aumento dos riscos da dívida quando comparado com os países ocidentais, de acordo com um comunicado na terça-feira.

    A mudança no pensamento da Moody’s surge num momento em que o agravamento da crise imobiliária na China desencadeia uma mudança no sentido do estímulo fiscal, com o país a aumentar o seu endividamento como principal medida para reforçar a sua economia. Isso levantou preocupações sobre os níveis de dívida do país, com Pequim a caminho de uma emissão recorde de títulos este ano.

    A economia da China tem lutado para ganhar força este ano, uma vez que a recuperação das políticas restritivas da Covid Zero se revelou mais fraca do que o esperado e a crise imobiliária se aprofundou. Os dados da semana passada mostraram que as atividades industriais e de serviços diminuíram em novembro, reforçando a crença de que é necessária mais ação governamental para apoiar uma recuperação hesitante.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Dani Alves considerado culpado de violação de uma mulher numa discoteca em Espanha

    O futebolista brasileiro de 40 anos negou qualquer infração durante o julgamento de três dias que decorreu este mês....

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema