Quinta-feira, Julho 18, 2024
20.4 C
Lisboa
More

    Moçambique: Contagem oficial de mortes sobe para 602

    A contagem oficial de mortes provocadas pelo ciclone Idai em Moçambique subiu hoje para 602 e o número de pessoas afectadas subiu acima de 1,5 milhões, anunciaram as autoridades.

    De acordo com o NJOnline, os dados do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) acrescentam mais quatro vítimas ao balanço de mortes, que permanecia inalterado desde terça-feira.

    O número de feridos mantém-se em 1.641.

    A tabela hoje actualizada eleva para mais de 1,5 milhões o total de pessoas afectadas, um grupo que inclui todas aquelas que necessitam de algum tipo de assistência, que perderam casas ou necessitam de alimentos.

    Ao nível da assistência humanitária, os números registaram hoje um ligeiro aumento: há 142.327 pessoas em centros de acomodação, 85% das quais na província de Sofala, a mais afectada pelo ciclone.

    Um quinto da população que está a receber assistência humanitária insere-se na classificação de grupos vulneráveis, que incluem grávidas e idosos.

    Outros números continuam a subir: a contagem oficial indica que há 3.359 salas de aula danificadas e 263.181 alunos afectados.

    O número de habitações totalmente destruídas (a maioria de construção precária) subiu para 111.163 e há 112.735 casas parcialmente danificadas.

    Também o número total de mortes por cólera subiu para cinco. As duas primeiras mortes tinham sido registadas na última semana nos distritos de Beira e Dondo, uma terceira foi anunciada hoje no distrito de Nhamatanda, zona oeste da província de Sofala, a que se juntaram mais duas, novamente na Beira e Dondo.

    O surto já infectou 2.424 pessoas, segundo os registos de entrada nas unidades de saúde, sendo que 95% dos doentes já tiveram alta, ou seja, permanecem 105 casos por resolver.

    O número de infecções é superior ao de surtos recorrentes anualmente durante a época das chuvas.

    A destruição do ciclone Idai terá agravado as condições sanitárias e de higiene, promovendo a propagação da cólera através da água e alimentos.

    Ainda segundo dados hoje apresentados, pelo menos 217.365 pessoas já foram vacinadas contra a doença no âmbito da campanha que arrancou na quarta-feira.

    O número de pessoas vacinadas representa 26% do objectivo total.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    ‘Projeto 2025’, o programa ultraconservador que promete uma ‘revolução’ nos EUA

    No início da semana, o Partido Republicano adotou o seu programa político para um eventual próximo governo, mas é...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema