Sexta-feira, Abril 19, 2024
16.7 C
Lisboa
More

    Ministra reconhece crescimento da indústria cultural

    A ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, reconheceu hoje, quinta-feira, em Luanda, a existência de um crescimento da indústria cultural no país, principalmente na área discográfica.

    A governante, que fez este pronunciamento à Angop, à margem de um encontro com a classe empresarial nacional, com vista a preparar o Carnaval de 2012, ressaltou que a indústria cultural está em franco crescimento, embora a área discográfica se destaca das outras modalidades culturais.

    Apesar desse crescimento, admitiu, que o seu sector tem consciência da necessidade em se trabalhar mais no sentido de se melhorar, orientar e desenvolver mais a indústria cultural, fundamental das artes tradicionais, como o artesanato.

    Referiu que o Ministério da Cultura, através dos seus programas, tem procurado criar condições para desenvolver e potencializar a indústria cultural.

    Recordou que o seu pelouro criou uma Feira Nacional do Artesanato, com duas edições já realizadas, para promover, incentivar e gerar receitas para os criadores dessa arte.

    “Com essa iniciativa foi possível relançar o artesanato, assim como permitiu relançar talentos e potencialidades no ramo, que podem transformar essa prática como uma actividade de renda para os artistas e suas famílias”, frisou.

    Apelou, na ocasião, à classe empresarial no sentido de apoiar, cada vez mais, o sector cultural e os fazedores de arte com vista a engrandecer ainda mais o ramo das artes no país.

    Realçou que os empresários que apoiam o sector cultural poderão beneficiar da Lei do Mecenato, um instrumento bastante valioso para o incentivo e incremento da produção artística nacional.

    “A Lei do Mecenato já está aprovada, agora a nossa missão é trabalhar na divulgação deste regulamento, assim como os nossos grupos técnicos e os empresários que apoiam o sector cultural vão discutir quais os melhores mecanismos de articulação para a implementação imediata da referida lei” aventou.

    Participaram do encontro administradores de empresas públicas, representantes de ministérios, empresários, bancários, publicitários, entre outros convidados.

    Fonte: Angop

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    FMI altera regras para acelerar acordos de dívida com países em desenvolvimento e evitar atrasos causados pela China

    O conselho executivo do Fundo Monetário Internacional apoiou uma mudança importante para dar-lhe mais liberdade para apoiar países em...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema