Segunda-feira, Fevereiro 26, 2024
12.1 C
Lisboa
More

    Militares querem manter senda de vitórias

    1º de Agosto e Recreativo do Libolo medem forças, hoje às 17h00, no estádio 11 de Novembro, na sequência da disputa da sétima jornada do Girabola’2012, numa tarde em que o Recreativo da Caála recebe, no estádio dos Kuricutelas no Huambo, o FC Bravos do Maquis.
    O duelo entre militares e os campeões nacionais é aguardado com muita expectativa, já que estão em confronto duas equipas que ainda não perderam neste edição do Girabola e candidatas à conquista do título, condimentos que tornam mais atractiva a partida.
    Os militares a jogarem no seu ambiente e empurrados pelos seus exigentes adeptos assume o favoritismo, apesar de ter consciência do valor do seu opositor. Um ponto separa os contendores, embora o Libolo tenha um jogo a menos. Uma vitória dos anfitriões cava a diferença para quatro pontos, mas um desaire coloca,na tabela, a formação visitante à frente dos agostinos.
    Os agostinos perseguem a conquista de um título perdido há seis anos, ao passo que os campeões nacionais almejam a revalidação, depois do fracasso nas Afrotaças, objectivos que passam por vencer os jogos, principalmente contra os principais opositores na luta pelo ceptro. Estes condimentos vão certamente proporcionar espectáculo a quem for ao estádio 11 de Novembro.
    No Huambo, a Caála vai procurar tirar partido do factor casa para conquistar mais três pontos na recepção ao Bravos do Maquis, mas a concretização da vitória não é fácil, pois pela frente tem uma equipa disposta a discutir os pontos e a contrariar o favoritismo dos anfitriões. Um ponto separa os contendores, com vantagem para os maquisardes, no nono lugar, com oito pontos, contra os sete dos caalenses, no décimo primeiro posto.
    Ontem, o Petro de Luanda isolou-se, à condição, ao bater a Académica do Soyo, por 2-0, com golos de Kembua e Job. Os tricolores dominaram o jogo, marcando os dois tentos ainda na primeira metade do encontro. No Namibe, Atlético e ASA empataram a um golo. Os visitantes marcaram primeiro, através de David. Mas, os anfitriões correram atrás do prejuízo e igualaram a partida com golo do “meio da rua” de Charinho. Em Benguela, o Nacional não foi capaz de tirar proveito do factor casa para finalmente vencer no Girabola.
    Os nacionalistas marcaram primeiro, mas não tiveram estofo para manter o resultado, permitindo o empate aos diamantíferos, que só não saíram vencedores por falta de serenidade e de pontaria dos dianteiros. O Interclube foi surpreendido, no 22 de Junho, pelo Benfica de Luanda, ao perder por 1-2, e continua sem vencer na competição. Os polícias marcaram primeiro, por Alex, mas Fofana e Dani deram a cambalhota ao resultado, regressando assim aos triunfos depois de um jejum de três jornadas.

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Estados Unidos e China exploram novas opções de alívio da dívida para os países em desenvolvimento

    Os Estados Unidos e a China estão a discutir novas medidas para evitar uma onda de incumprimentos soberanos nos...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema