Sexta-feira, Abril 19, 2024
19.6 C
Lisboa
More

    Membros do Hamas são presos por Israel

    As tropas israelitas detiveram 120 membros do Hamas no sul da Cisjordânia, horas depois do lançamento de foguetes contra o sul de Israel, pelo braço armado do movimento islamita em Gaza, as Brigadas Ezzedine Al-Qassam.
    Este grupo assumiu, em comunicado, o lançamento de quatro foguetes Grad em direcção à cidade israelita de Ofakim (sul), perto da da região da Faixa de Gaza, ferindo duas crianças.
    Entre os detidos está o deputado do Hamas Mohamed Motlaq Abu J’heisha. A operação israelita, realizada durante a noite do último sábado, enfrentou a resistência de jovens que atiraram pedras contra as tropas em Dura, mas o exército respondeu com disparos de balas de borracha para os dispersar.
    O Exército israelita penetrou de madrugada com 50 a 100 veículos na cidade de Hebrom, no sul do território ocupado da Cisjordânia, e em povoados vizinhos como Dura, Surif, Beit Umma, Yatta e Samua.
    A detenção em massa representa a chegada à Cisjordânia da actual escalada de violência em torno da Faixa de Gaza, na qual 15 palestinianos e um israelita morreram, originada por uma cadeia de atentados no sul de Israel na passada quinta-feira. O Hamas não está por trás do ataque de quinta-feira nem dos posteriores lançamentos de projécteis a partir de Gaza, segundo reconheceu Yoav Mordejai, porta-voz do Exército de Israel, que não obstante considera o grupo responsável pelos mesmos porque governa a região, informou neste domingo a rádio pública israelita.
    A nova explosão de violência foi detonada por uma série de ataques na quinta-feira passada perto da cidade balneária de Eilat, no Mar Vermelho, nos quais morreram oito israelitas. Desde então foram mortos 15 palestinianos em Gaza e 40 ficaram feridos.
    O dia de ontem ficou igualmente marcado pelo lançamento de foguetes da Faixa de Gaza em direcção a Israel. Seis dos projécteis caíram na região de Beer Sheva e outros cinco foram lançados contra Ashkelon, sendo que nenhum deles causou danos a pessoas, segundo a rádio pública israelita.

    Um dos foguetes lançados contra Beer Sheva caiu no recinto de uma escola, vazio por causa das férias de Verão. O novo sistema antimísseis Kipat Barzel (Cúpula de Ferro) interceptou ontem de manhã três dos projécteis.

    Fonte: Jornal de Angola

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    FMI altera regras para acelerar acordos de dívida com países em desenvolvimento e evitar atrasos causados pela China

    O conselho executivo do Fundo Monetário Internacional apoiou uma mudança importante para dar-lhe mais liberdade para apoiar países em...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema