Domingo, Junho 16, 2024
18 C
Lisboa
More

    Manchester verga Chelsea

    Pupilos de Alex Ferguson aproveitaram o início apático do adversário para vencer o jogo

    O Manchester United venceu, ontem, à tarde, o Chelsea, por 3-1, e consolidou o comando, agora isolado, do Campeonato de Futebol da Inglaterra.
    A equipa de Alex Ferguson soube aproveitar muito bem o que o Chelsea lhe ofereceu. Foi sempre mais sereno. Smalling fez 1-0 para o Manchester United, aos 8 minutos, após livre do lado esquerdo marcado por Young. Nani conseguiu o 2-0, com um grande remate de fora da área, aos 37 minutos, e Rooney o 3-0, no último minuto da primeira parte.
    No intervalo dos golos, o Chelsea até jogou bem. Um futebol agradável, com a bola a chegar sem dificuldade aos avançados. Tão bem que, aos 26 minutos, Torres ofereceu a Ramires a possibilidade de empatar. O brasileiro, isolado, permitiu a defesa a De Gea, na pequena área.
    O Chelsea falhou ali, mas por essa altura parecia capaz de chegar ao empate. Raul Meireles era o médio em maior destaque nos londrinos. Do outro lado, alguma dificuldade para libertar os quatro avançados.
    Anelka entrou ao intervalo e no primeiro toque isolou Torres para o 3-1. Que recomeço do Chelsea, agora sem Lampard e com apenas Ramires e Raul Meireles no meio.
    Mas era difícil fazer mais. Aos 56 minutos, Nani remata à barra e depois sofre falta de Bosingwa. Grande penalidade que Rooney falha, ao rematar para fora.
    O Chelsea tentou manter-se sempre no jogo e podia ter chegado ao 3-2 já perto do fim. Aos 83 minutos, Ramires isolou Torres. Parecia simples. E parecia ainda mais simples quando o avançado passou pelo guarda-redes do Manchester United.

    Ficou a ideia de que havia jogo até ao fim. Mas não. De pé esquerdo, Torres rematou ao lado. Terminava da pior maneira uma tarde onde o avançado do Chelsea até tinha estado bem.
    André Villas-Boas não conhecia o sabor da derrota no campeonato desde 18 de Abril de 2010, exactamente 16 meses depois. Foi posto ponto final numa série de 37 jogos sem perder na Liga.
    O técnico luso, então no comando da Académica, perdeu em Coimbra frente ao Benfica (2-3), na 27ª jornada da Liga portuguesa de 2009/2010. No F.C. Porto, André Villas-Boas nunca perdeu para o campeonato.

     

    Fonte: Jornal de angola

    Fotografia: AFP

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    O que mulheres da Antiguidade pensavam sobre sexo: ‘Deveriam se livrar da vergonha junto com as roupas’

    O poeta grego Semônides de Amorgos dizia, no século 7 a.C., que existem 10 principais tipos de mulheres. Para ele,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema