Quarta-feira, Abril 17, 2024
23.2 C
Lisboa
More

    Mali: Mais de 80 partidos e organizações apelam a eleições

    Mais de 80 partidos políticos e grupos da sociedade civis do Mali juntaram-se para apelar à realização de eleições presidenciais "o mais rapidamente possível", pondo fim ao regime militar de transição.

    O Mali tem sido governado por uma junta militar desde os golpes de Estado consecutivos em 2020 e em 2021, com a situação de segurança agravada por uma crise humanitária e política.

    Em junho de 2022, a junta militar, liderada pelo coronel Assimi Goita, decretou que os militares transfeririam o poder para os civis em 26 de março, no final de um período de transição, após eleições presidenciais em fevereiro. No entanto, as eleições foram adiadas e a junta não deu nenhuma indicação sobre as suas intenções.

    Um primeiro grupo de associações e partidos políticos do Mali “apela às autoridades no poder, tendo em conta o vazio jurídico e institucional (…) para que criem as condições de uma consulta rápida e inclusiva, para que instaurem uma arquitetura institucional, com vista a organizar a eleição presidencial o mais rapidamente possível”, num comunicado publicado no domingo à noite.

    Os signatários desta declaração acrescentam que utilizarão “todos os meios legais e legítimos para que o Mali regresse” à “ordem constitucional normal e ao concerto das nações, garantia de estabilidade política”.

    Num segundo comunicado, também divulgado este domingo à noite, a Rede dos Defensores dos Direitos Humanos no Mali (RDDHM), que reúne cerca de 50 organizações locais, lançou o mesmo apelo à junta militar, liderada pelo coronel Assimi Goïta.

    “O país está a atravessar enormes dificuldades e a transição não se destina a resolver todos os problemas do país. É tempo de sair deste impasse, tanto mais que o último adiamento da transição expirou a 26 de março”, sublinha o presidente da RDDHM, Souleymane Camara, que apela ao regresso à “ordem constitucional”.

    Por Lusa | AFP

    Publicidade

    spot_img
    FonteDW

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Relação diz “que não há qualquer indício” de que António Costa tenha falado com Lacerda Machado sobre Sines

    O Tribunal da Relação de Lisboa não encontrou nos autos da investigação da Operação Influencer, que resultou na demissão...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema