Sexta-feira, Junho 21, 2024
17.5 C
Lisboa
More

    Mais de 32 mil crianças imunizadas desde o lançamento da campanha

    (Angop)
    (Angop)

    Luanda – Mais de 32 mil crianças, menores de dois anos de didade, receberam a vacina Pneumo 13, desde 30 de Julho, data em que o governo da província de Luanda lançou a campanha de Intensificação da Vacinação de Rotina, soube hoje, quarta-feira, a Angop.

    Fonte da Direcçao Provincial de Saúde de Luanda disse que, com estes dados preliminares, conclui-se que a população está aberta para estas actividades, com a mobilização das áreas e garantia da estadia das equipas avançadas, garantindo o cumprimento do desafio de aumentar o número de crianças vacinadas em um curto espaço de tempo.

    Esta actividade planificada faz parte de uma das estratégias utilizadas para o reforço da vacinação de rotina, em aumentar o número de crianças vacinadas com todos os antígenos e oferecer a vacina Pneumo -13 a todos petizes menores de dois anos, em toda a província de Luanda.

    As autoridades da província pretendem, até o final de Outubro, vacinar aproximadamente 211 mil 805 crianças, menores de um ano de idade, com três doses da vacina Pentavante,  pelo facto de até Junho do corrente ano terem sido apenas imunizadas cerca de 103 mil 492, ficando de fora cerca de 108 mil 313 crianças.

    A vacinação está sendo efectuada em postos fixos e por equipas avançadas, após o lançamento no dia 30 de Julho, em acto presidido governador provincial de Luanda, Bento Bento, e testemunhado pelo secretário de Estado do Ministério da Saúde, Carlos Alberto Masseca, e várias outras autoridades nacionais, da província e dos municípios da capital angolana.

    De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), as doenças pneumocócicas são as principais responsáveis pela morte de crianças menores de cinco anos, entre as causas que poderiam ser prevenidas com a vacinação.

    A nova vacina pneumocócica conjugada 13-valente protege contra os 13 tipos da bactéria pneumococo e mais seis sorotipos, causadora da meningite, pneumonia e otite média aguda, que mais atingem as crianças em todo o mundo.

    O sorotipo 19 A é considerado um dos mais agressivos para doenças como pneumonia e meningite e o principal na resistência aos antibióticos utilizados para tratar as doenças pneumocócicas.

    Esta bactéria pneumococo do sorotipo 19A vem crescendo em várias regiões do mundo, inclusive em Angola, e vem mostrando resistência aos antibióticos. (portalangop.co.ao)

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Investimento em energia limpa deverá ser o dobro dos combustíveis fósseis em 2024, diz a AIE

    O investimento global em energia limpa deverá atingir 2 trilhões de dólares em 2024, quase o dobro do montante...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema