Terça-feira, Março 5, 2024
10.7 C
Lisboa
More

    Maiores bancos precisam de 115 mil milhões

    (ECONOMICO.PT)
    (ECONOMICO.PT)

    Para cumprir as regras de Basileia III que determinam uma fasquia mais rigorosa em termos da qualidade e quantidade de capital e liquidez, os bancos terão de reforçar capital.

    Os maiores bancos europeus precisarão de 115 mil milhões de euros nas suas reservas de capital, para cumprir as novas regras para o sistema bancário europeu para 2014, designadas por Basileia III que determinam uma fasquia mais rigorosa em termos da qualidade e quantidade de capital e liquidez nos bancos e que foram aprovadas no final do ano passado.

    Segundo o Comité de Basileia para a Supervisão Bancária publicou hoje no seu site, um quarto dos maiores bancos da Europa deverão também não conseguir cumprir o limite de endividamento, conhecido como índice de alavancagem (rácio de transformação de depósitos em crédito).

    “No final de Dezembro de 2012, verificou-se que a base de capitais na maior parte dos bancos internacionais continua a encolher”, diz a nota.

    A partir de 2014 e ao longo dos seis anos que se seguem, os bancos europeus terão de obedecer a um conjunto de regras únicas para os 27 Estados-membros, conhecidas como o pacote Basileia III. Na Europa, este pacote servirá como o primeiro conjunto único de regras para o sistema bancário.

    O Basileia III foi concebido no período que se seguiu à falência bancária nos EUA, em 2008, como forma de aumentar a segurança do sistema financeiro.

    Regras de liquidez e qualidade de capital
    Além do corte nos bónus no sistema financeiro, Basileia determina igualmente uma fasquia mais rigorosa em termos da qualidade e quantidade de capital e liquidez nos bancos.

    Cada banco europeu terá de assegurar um mínimo de 7% de capitais do tipo Core Tier 1 (uma medida de solvabilidade do capital). Este valor deve aumentar para 9,5% até 2019, de acordo com o Financial Times. Em Portugal, a fasquia encontra-se ainda mais elevada: o Banco de Portugal exige um rácio de solvabilidade Core Tier 1 de 10%.

    Basileia exige ainda que os bancos assegurem liquidez suficiente para que possam resistir a uma crise nos mercados de 30 dias. (economico.pt)

    Por Lígia Simões

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Emirados Árabes Unidos convocarão uma reunião sobre financiamento climático em preparação para a COP29

    Os Emirados Árabes Unidos reunirão representantes dos países e líderes de instituições financeiras globais numa reunião especial em junho,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema