Terça-feira, Março 5, 2024
12.4 C
Lisboa
More

    Líder das Forças Armadas guineenses ameaça responsabilizar quem perturbar eleições

    (D.R)
    (D.R)

    O chefe das Forças Armadas da Guiné-Bissau, general António Indjai, quer que o Governo garanta que as eleições gerais decorram a 16 de março e ameaçou hoje responsabilizar quem perturbar o processo.

    “Nós (militares) estamos de acordo para que as eleições tenham lugar no dia 16 de março, sem falta. Quem tentar perturbar esta data será responsabilizado. Quero que o Governo faça tudo para que as eleições tenham lugar na data marcada”, referiu o líder do golpe de Estado de 2012.

    O Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas da Guiné-Bissau, António Indjai, falava numa cerimónia de receção de cumprimentos de ano novo por parte de elementos afetos aos serviços de imprensa militar.

    As eleições serão as primeiras após o golpe de Estado de abril de 2012.

    “Não pode haver mais perturbações neste país”, referiu.

    “Podemos aceitar que se altere muita coisa”, menos a data das eleições, acrescentou.

    As declarações surgem depois de os militares guineenses terem sido alvo de várias recomendações do Conselho de Segurança das Nações Unidas. (panapress.com)

    Publicidade

    spot_img

    POSTAR COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

    - Publicidade -spot_img

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Emirados Árabes Unidos convocarão uma reunião sobre financiamento climático em preparação para a COP29

    Os Emirados Árabes Unidos reunirão representantes dos países e líderes de instituições financeiras globais numa reunião especial em junho,...

    Artigos Relacionados

    Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
    • https://spaudio.servers.pt/8004/stream
    • Radio Calema
    • Radio Calema